Boa noite!
22/09
 

Artigos

Voltar
Domingo, 09 de janeiro de 2005 - 08h12m

Agroinformática > Educação

UFLA promove ensino a distância desde 1987



Por Diego Silva Nascimento *

A especialização após o curso superior é a meta de muitos graduados. Profissionais buscam a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos em uma época em que o tempo se torna cada vez mais escasso. Se dedicar integralmente aos estudos é possível para algumas pessoas, mas para outras, essa realidade é remota. Com as atuais exigências do mercado, a atualização dos conhecimentos é uma necessidade básica, em uma sociedade atingida diariamente com as transformações geradas pela globalização.

Entre os vários resultados deste processo, surge o ensino a distância, uma modalidade que cresce de forma acelerada no Brasil e que permite aos profissionais das mais diversas áreas continuarem sua vida acadêmica.

Com a evolução tecnológica, surgiram o telefone, o rádio, a TV, o fax, o computador e a internet, peças fundamentais na difusão do conhecimento. O correio foi e continua como um forte instrumento utilizado nesta modalidade de ensino, sendo que muitas instituições utilizam os serviços postais para o envio de material didático.

Especialização
A Universidade Federal de Lavras é referência na oferta de cursos de pós-graduação “lato-sensu” a distância no Brasil há 18 anos. De acordo com Dalton de Sousa, coordenador da Unidade de Gestão de Educação Continuada (GEDUC/FAEPE), responsável pelo gerenciamento do programa “lato-sensu” a distância a UFLA, existem mais de 8.500 alunos (de todo o Brasil e até mesmo do exterior), matriculados nos mais de 60 cursos de especialização ofertados nas áreas de Educação, Ciências Agrárias, Administração, Meio Ambiente, Engenharia, Veterinária, Informática e Zootecnia.
O programa foi criado em 1987 e hoje conta com aproximadamente 14 mil alunos já formados.

Ciências Agrárias
Aproximadamente 15 cursos de pós-graduação “lato-sensu” a distância ofertados pela Universidade contemplam as ciências agrárias. São estudos teóricos e práticos que abordam desde o Manejo Integrado de Pragas à Gestão Agroindustrial.

Funcionamento
A inscrição para os cursos de pós-graduação “lato-sensu” a distância da UFLA são semestrais, de janeiro à março e de julho à agosto. Os cursos têm a duração mínima de 12 meses e máxima de 24 meses.
O material didático é encaminhado via correio e o contato com os professores é realizado através de carta, e-mail, telefone e ambientes virtuais (principalmente nos cursos de informática).
Os encontros técnicos presenciais também fazem parte da jornada de estudos. São nestes períodos em que os participantes dos cursos assistem aulas e realizam avaliações referentes ao material didático recebido. A quantidade de encontros e o número de dias de duração variam por curso.

“A participação nos encontros técnicos é obrigatória. Além dos participantes se envolverem com as atividades acadêmicas, há interação com os professores e com os colegas, proporcionando uma troca de experiências extremamente positiva”, completa Dalton.
Todos os cursos ofertados pela Instituição são credenciados pelo Ministério da Educação (MEC), através da portaria nº 1062, de 8/5/2003, publicada no D.O.U em 9/5/2003, seção 1, página 16.

Legalização

A oferta dos cursos de pós-graduação “lato-sensu” (especialização) na modalidade de ensino a distância foi regulamentada pela Resolução nº 01, da Câmara de Ensino Superior-CES, do Conselho Nacional de Educação -CNE, em 3 de abril de 2001, prevista na LDB 9394/96.


* Assessor do setor de Comunicação da Unidade de Gestão de Educação Continuada (GEDUC/FAEPE)


Fonte: UFLA
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r