Boa noite!
22/09
 

Artigos

Voltar
Sábado, 03 de março de 2007 - 13h41m

Outros > Ecológico

Consumo consciente



Por Ricardo Moncorvo Tonet *

As questões ambientais deixaram de ser, há algum tempo, assunto meramente acadêmico ou de algum grupo de idealistas, para tomar espaço, de forma generalizada, na grande imprensa e nas discussões de toda a sociedade.

Questões como efeito estufa, mudanças climáticas, a preocupação com os recursos hídricos, o problema do lixo, reciclagem já fazem parte do dia – a – dia de boa parte da população brasileira.




Mas a pergunta que nos fica é: “o que nós como cidadãos podemos fazer”?

Poderíamos, aqui, listar uma infinidade de ações e atividades que viriam a conservar e preservar o meio ambiente, mas é algo que nos parece até paradoxal nos dias atuais, onde o capitalismo impera, onde a riqueza é medida e avaliada pelo o que a sociedade consome. Portanto, consideramos como primordial, o que vamos chamar de consumo consciente.

Por exemplo, vamos comprar uma camiseta básica em uma loja. Saímos de lá, como um produto de R$25,00 a R$50,00 embrulhado em um saco plástico, como é um presente, envolto em um papel fantasia e, ainda, colocado dentro de uma sacola de papelão, com a marca da loja estampada.


Além do presente, deixamos mais um tanto de lixo, que com certeza, estará junto a tantas outras embalagens descartadas pelo aniversariante, aumentado a pressão sobre os aterros sanitários da cidade, ou mesmo quando serão recicladas, existe toda a problema da logística desse resíduo. Nota–se que nem questionamos os custos, por exemplo, de energia, para a produção dessas embalagens. Vocês já observaram que quando compramos um pacote de balas, muitas vezes compramos mais resíduos (duas embalagens que recobrem cada bala e o pacote) do que produto?

Não queremos, com isso, desestimular as empresas de embalagem, nem diminuir a criatividade dos profissionais de propaganda e marketing, mas sim, estimulá–los, a criar uma nova consciência nos consumidores.

Outro fator primordial no que chamamos de consumo consciente diz respeito ao conceito de necessidade, que no dicionário refere – se àquilo que é absolutamente essencial, indispensável. E, nesse caso, acreditamos, se faz fundamental todo um processo educacional, especialmente com as crianças e adolescentes que são “bombardeados” com a avalanche consumista dos dias atuais.

Por que tantos brinquedos, tantos pares de tênis, tantas calças jeans..., tanto lixo produzido, tanto consumo de energia, tanto desperdício de alimento? Temos que nos perguntar e procurar responder como cidadãos conscientes, com toda a sinceridade, onde queremos chegar, o que esperamos deixar para as próximas gerações, o que nos aguarda o futuro.


* engenheiro agrônomo da CATI – Regional Bragança Paulista
E-mail: rm.tonet@ig.com.br


Fonte: Suzete Rodrigues
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r