Boa tarde!
15/10
 

Artigos

Voltar
Quarta-feira, 08 de julho de 2009 - 18h10m

Eventos > Cooperativismo

“Populorum Progressio” – Os povos agradecem



Imagens

Giovani Cherini

Foto: Divulgação



Por Giovani Cherini

Na Páscoa de 1967 o Papa Paulo VI publicou a Cartilha POPULORUM PROGRESSIO sobre o desenvolvimento dos povos. Nela, afirma que o desenvolvimento integral do homem não pode realizar-se sem o desenvolvimento solidário da humanidade e que o homem deve encontrar o homem, as nações devem encontrar-se como irmãos e irmãs, como alhos de Deus. O Papa chega a sugerir a busca de meios de organização e de cooperação, concretos e práticos, para pôr em comum os recursos disponíveis e realizar, assim, uma verdadeira comunhão entre todas as nações.

Quarenta e dois anos se passaram desde a publicação da Encíclica Populorum Progressio de Paulo VI, mas a humanidade ainda sofre com a falta de solidariedade. As estatísticas revelam o quadro atual da má divisão de rendas e desequilíbrio social causados pela indiferença das grandes nações: 17% da população mundial consomem 80% dos recursos do planeta e os 83% restantes dividem 20%. No plano mundial estamos ainda distantes daquela real e concreta globalização da solidariedade tanto desejada por João Paulo II.

No entanto, devo afirmar que, em se tratando de Rio Grande do Sul tenho a impressão que Papa tenha sido lido (ou escutado) ao longo desses anos. Aqui a cooperação caminha a passos largos aglutinando solidariamente pessoas com interesses comuns. Aqui, o cooperativismo faz valer o bem estar dos associados e os sete princípios, universalmente aceitos que são: a adesão voluntária; gestão democrática; participação econômica dos membros; autonomia e interdependência; educação e informação; cooperação entre cooperativas e interesse econômico comum.

Não tenho dúvidas que a cooperação já impregnou em cada gaúcho e gaúcha o espírito da solidariedade, tão necessário nos tempos que correm. Afinal, é através do cooperativismo que as pessoas que não têm condições de individualmente enfrentar os desafios nas mais diversas áreas passam a ter um meio para alcançar o seu objetivo. Hoje podemos dizer que parte do sucesso do cooperativismo gaúcho está alicerçada na educação cooperativista.

Por isso, ao comemorarmos, no dia 4 de julho o Dia Internacional do Cooperativismo, quero destacar a educação cooperativista no nosso Estado.

O Dia Internacional do Cooperativismo em 2009 ficou marcado pela inauguração de um dos maiores projetos do Sistema Ocergs-Sescoop/RS: o Centro de Formação Profissional Cooperativista. Por isso, parabenizo o presidente da Ocergs/Sescoop-RS, professor Vergilio Perius pelo seu esforço em disseminar a educação cooperativista Rio Grande afora. O Centro, idealizado pela sua gestão, foi colocado à disposição das cooperativas para que possa ser um fórum de formação profissional do cooperativismo, demonstrando a importância que dão à cooperação. Pelo visto, o professor Vergilio e sua equipe levam a sério a Cartilha POPULORUM PROGRESSIO. Os povos agradecem. 


Deputado Estadual (PDT) e presidente da Frencoop/RS – Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul

E-mail: giovani.cherini@al.rs.gov.br


Fonte: Página Rural
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r