Boa tarde!
17/07
 

Artigos

Voltar
Sexta-feira, 11 de junho de 2010 - 14h40m

Eventos > Pesquisa

Embrapa Tabuleiros Costeiros, há 35 anos inovando



Imagens

Edson Diogo Tavares

Foto: Divulgação



Por Edson Diogo Tavares

A Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE), Unidade Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, é um dos 45 centros de pesquisa da Embrapa, e completa em 2010 35 anos de existência. Tem sua sede localizada em Aracaju, Sergipe e conta com cinco campos experimentais e uma Unidade de Execução de Pesquisa em Rio Largo, Alagoas.

Em 1974 a Embrapa instalou uma representação no estado de Sergipe, o que possibilitou a criação, em 13 de junho de 1975, da Unidade de Execução de Pesquisa de Âmbito Estadual de Quissamã – UEPAE, com sua sede localizada no município de São Cristovão. Posteriormente, em 1978, a sede da unidade foi transferida para Aracaju. Inicialmente eram realizadas pesquisas com coco, mandioca, milho, feijão e pecuária de corte e de leite. Por liderar no Brasil as pesquisas com a cultura do coco, em 1985 a Unidade foi transformada no Centro Nacional de Pesquisa de Coco. Em 1993, como consequência de um processo de planejamento estratégico pelo qual a Embrapa passou, a Unidade incorpora novas demandas e desafios e passa a ter um mandato territorial para a região dos tabuleiros costeiros da região Nordeste.

A área de atuação da Embrapa Tabuleiros Costeiros atinge os estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, e foi definida tomando-se por base o Zoneamento Agroecológico do Nordeste realizado pela Embrapa.

A região dos Tabuleiros Costeiros, segundo o Zoneamento, é uma das 20 Unidades de Paisagem da região Nordeste. Compreende platôs próximos ao litoral, com altitude média de 50 a 100 metros. De modo geral, os solos são profundos e de baixa fertilidade natural. Considerando também a Baixada Litorânea (outra Unidade de Paisagem), que acompanha a orla marítima, (onde estão incluídas restingas, dunas e mangues), a Unidade tem uma área de atuação de aproximadamente 10 milhões de hectares. Esta região apresenta precipitação anual média oscilando entre 500mm e 1500mm, com temperaturas anuais médias em torno de 26ºC.

A Embrapa Tabuleiros Costeiros tem como visão ser um dos líderes regionais na geração de conhecimento, tecnologia e inovação para o desenvolvimento sustentável dos agroecossistemas nos tabuleiros costeiros. Para isso, persegue a missão de viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura nos tabuleiros costeiros em benefício da sociedade brasileira.

Nestes 35 anos o País se tornou auto-suficiente em alimentos. Devido à geração de cultivares adaptadas às diversas condições ecológicas do País, aos zoneamentos agroecológicos e de risco climático e a sistemas de produção de alta produtividade, entre outras tecnologias, produtos e serviços, o Brasil tornou-se um dos principais exportadores mundiais de produtos agrícolas e líder na tecnologia de agricultura do mundo tropical. Esses resultados foram possíveis por conta da estruturação de um Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária formado pelas Organizações Estaduais de Pesquisa, Universidades e Embrapa. Recentemente o Brasil se transformou na principal potência na produção mundial de biocombustíveis. A Embrapa Tabuleiros Costeiros tem participação nessa história.

Atualmente, a Unidade conta com 195 colaboradores altamente capacitados. A missão da Unidade vem sendo cumprida por meio de redes de pesquisa e de transferência de conhecimentos e fortes parcerias. As demandas atuais são complexas e nenhuma instituição sozinha pode atendê-las isoladamente. A contribuição da pesquisa e da extensão rural se materializa, também, no lançamento e difusão de cultivares adaptadas às reais demandas dos agricultores e do mercado.

Recentemente o Plano de Fortalecimento e Crescimento da Embrapa (PAC Embrapa) permitiu a recuperação da infra-estrutura e a construção de um consistente conjunto de obras e aquisição de equipamentos que dão suporte às ações de pesquisa, desenvolvimento e transferência de tecnologia.

O sucesso alcançado durante a história da Unidade só foi possível graças à participação dedicada de seus colaboradores, alguns dos quais já se encontram aposentados após uma vida de trabalho construindo a Embrapa. Participação de destaque também para os membros do Comitê Assessor Externo da Unidade (CAE), que muito tem colaborado nos processos de planejamento, acompanhamento e avaliação das ações da Unidade.

A Embrapa Tabuleiros Costeiros é hoje, ao completar 35 anos, uma instituição de Ciência e Tecnologia madura que apresenta tecnologias produtos e serviços para a inovação e a busca do desenvolvimento sustentável da agricultura, dos agricultores familiares, assentados da reforma agrária e comunidades tradicionais, a segurança alimentar, a saúde da população, o uso sustentável dos biomas e o avanço da fronteira do conhecimento científico e tecnológico em benefício da sociedade.

Chefe geral da Embrapa Tabuleiros Costeiros - Aracaju/SE
E-mail: diogo@cpatc.embrapa.br


Fonte: Embrapa Tabuleiros Costeiros
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r