Boa noite!
25/09
 

Artigos

Voltar
Segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 - 07h42m

Eventos > Cooperativismo

Um show de tecnologia no campo



Por Ivan Ramos

Os meses de janeiro, fevereiro e março são pródigos em termos tecnológicos no campo. É de encher os olhos o que se vê nos Dias de Campo organizados por diversas cooperativas catarinenses. A cada ano se observa avanços nessa atividade.

As cooperativas, nos últimos 20 anos, deixaram de ser apenas armazenadoras ou comercializadoras de grãos, passando a estimular, difundir e apoiar a adoção de novas tecnologias no campo, que ajudam o desenvolvimento dos agricultores não apenas em produtividade e rentabilidade, mas também da pressão de mão de obra braçal, que em épocas não muito distantes, acabavam com a saúde dos produtores rurais pela força física utilizada na atividade.

A diversificação de atividades das nossas cooperativas, seguindo a tendência dos seus associados, tem provocado que sejam demonstradas e adotadas as mais diferentes tecnologias em todas as áreas que atuamos. Geralmente se pensa nas cidades que a mostra nos eventos é apenas de produtos e equipamentos utilizados no campo. Esses evidentemente predominam, mas em todos os eventos, o comércio e as indústrias da região estão presentes, pois é do campo que começa a movimentação econômica que atinge o meio urbano e beneficia a todos os segmentos econômicos. Continua prevalecendo àquela máxima de que se o agricultor não planta, a cidade não janta e aos poucos mais gente está reconhecendo isso.

Numa época de país em frangalhos na sua economia, tem sido o agronegócio o salvador da pátria e todas as estatísticas mostram isso. Até mesmo nos meios urbanos tem se ouvido o reconhecimento das pessoas de que se não fosse o agronegócio, estaríamos em situação bem pior.

Nesse ano em especial o otimismo está presente no campo. Os resultados da produtividade e das colheitas estão deixando os agricultores sorridentes, e isso se observa nas visitações nos Dias de Campo e pelo interesse de aquisições de equipamentos mais modernos e adoção de tecnologias mais avançadas e produtivas.

As novas tecnologias estão avançando e ampliando os resultados, mesmo em pequenas propriedades, tidas sempre como rudimentares por pouco uso de tecnologias. Está se verificando que há vantagem em qualquer tamanho de propriedade e se produz melhor.

Usando os termos que o secretário adjunto da Agricultura, Airton Spies, tem dito nesses eventos, vale referendar que no campo não existe mais lugar para pangaré. Tem que ser de raça. E está se mostrando e viabilizando isso nos Dias de Campo. Felizmente são as cooperativas e seus parceiros comerciais que estão na linha de frente para desbravar mais essas iniciativas. Basta apenas os agricultores participarem ainda mais. Pense nisso.

Diretor executivo da Fecoagro/SC - Florianópolis/SC



Fonte: Fecoagro/SC


















© Copyright 2017, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r