Bom dia!
19/11
 

Artigos

Voltar
Terça-feira, 06 de maio de 2003 - 15h04m

Animais > Caprinos

Prevenir doenças é garantir o sucesso do rebanho



Por Francisco Selmo Fernandes Alves e Raymundo Rizaldo Pinheiro *

O conceito moderno de saúde é muito amplo, não se fundamentando apenas na inexistência de doenças. A saúde animal intrinsecamente e, em parte, se relaciona com a saúde das populações, implicando na condição de bem-estar geral dos animais ou rebanho, o que inclui, manejos, alimentação e água de qualidade e quantidade; instalações adequadas e confortáveis e condições de abate.

O aparecimento de doença, em caprinos e ovinos ou em qualquer outro animal, resulta do desequilíbrio da interação entre o agente etiológico, o hospedeiro susceptível e o ambiente. Os fatores inerentes ao agente etiológico são a dose infectante, a virulência, a patogenicidade e o poder invasivo.

No que diz respeito ao hospedeiro susceptível, as características como: espécie, idade, sexo, raça, dentre outras, são importantes na gênese dos processos patológicos. Dentre os fatores ambientais que podem influenciar no aparecimento das enfermidades, destacam-se época do ano, alimentação e nutrição desbalanceada, higiene precária, instalações mal planejadas, manejos inadequados e presença de hospedeiros.

O potencial de disseminação das doenças sobre as populações animais e humanas (zoonoses) são fatores de elevada importância e preocupação das autoridades veterinárias e de saúde pública nacional. A introdução de novas cepas merece atenção especial, pois podem tornar-se mais virulentas que as nativas, além do que, muitos agentes apresentam o potencial de se modificar rapidamente, e subseqüentemente, se adaptar a novos ambientes.

A prevenção consiste na ação antecipada, visando impedir, minimizar ou anular a evolução de doenças, assim como evitar as despesas com o tratamento dos animais enfermos. Portanto, torna-se mais econômico trabalhar com prevenção, pois os tratamentos curativos implicam em gastos com medicamentos, honorários profissionais e, nem sempre garantem a sobrevivência e/ou manutenção da produtividade do animal acometido.

A profilaxia na medicina veterinária preventiva de caprinos e ovinos é realizada através de medidas de manejo sanitário integradas (geral e específico) dos rebanhos, vacinações e vermifugações no sentido de prevenir o aparecimento e disseminação de doenças no rebanho.

Essas medidas abordam, principalmente, cuidados na construção, funcionalidade e higiene das instalações, objetivando minimizar a incidência de doenças, promovendo assim, a saúde do rebanho. As medidas sanitárias específicas estão relacionadas aos cuidados que devem ser dispensados a cada categoria animal. Com a adoção dessas medidas espera-se diminuir os índices de morbidade e mortalidade, assim como, elevar as taxas de natalidade e prolificidade, aumentando a eficiência produtiva e reprodutiva do rebanho.

O calendário de vacinações deverá seguir a legislação vigente e a ocorrência de doenças na região. Os esquemas de vermifugação visam o controle das doenças parasitárias, através da utilização de drogas anti-helmínticas e medidas de manejo que auxiliam na redução da contaminação ambiental e, consequentemente, nas infecções dos animais.

A saúde de um plantel deve estar associado, também, à aquisição de animais de bom potencial genético, vindo de regiões sabidamente sem problemas críticos sanitários, boas instalações e alimentação adequada para todas as categorias, assistência técnica na propriedade, diagnóstico e tratamento precoce das enfermidades e, principalmente, utilização de medidas profiláticas. Portanto, as técnicas desenvolvidas pela pesquisa devem ser aplicadas na criação, objetivando melhoria na produção e comercialização dos animais e/ou seus produtos.

* Pesquisadores da Embrapa Caprinos


Fonte: Embrapa Caprinos
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r