Bom dia!
25/09
 

Artigos

Voltar
Sexta-feira, 06 de junho de 2003 - 14h21m

Agroecologia > Agroecologia

Semana Mundial do Meio Ambiente: Será que existe vida pela metade?



Por Caroline Velloso * e Adão Rodigues **

No mundo inteiro, milhares de pessoas se organizam nesta semana para homenagear e festejar o meio ambiente, desenvolvendo várias ações com o intuito de valorizar, incentivar e preservar a natureza.

Porém a expressão "Meio" Ambiente, vem provocando uma grande inquietação em muitos membros da sociedade e ambientalistas, mas afinal "meio" porquê? Muitos estudiosos se perguntam: mas o ambiente não é inteiro? Não vive por si só, complexo e harmônico em essência ?

Literalmente, "meio" é uma palavra que intriga: será que podemos nos referir a meio corpo, meio macaco... será que existe vida pela metade? Uma semente partida, não tem condições de viver, a unidade fundamental da vida foi rompida, e o seu único destino é a morte. E o ambiente, é "meio ambiente" ?

Definitivamente, esta é uma expressão em que cabe a devida reflexão nos grupos, nas atividades desenvolvidas nos municípios e nas escolas. Surge então outra pergunta: O que é, então, ambiente?

Ambiente é independente e soberano, ele não é metade de alguma coisa, ele é todo o espaço no qual nós, seres vivos, dividimos para morar, nos alimentar e principalmente sobreviver. Sem o ambiente natural que está em tudo, inclusive em nós, humanos, que também fazemos parte da natureza, a vida não seria possível no planeta.

Outro aspecto importante a refletir nesta data é o fato de que durante a semana uma série de atividades de preservação estão sendo desenvolvidas.

Porém, apenas uma semana não é suficiente para que as pessoas possam se relacionar de forma mais equilibrada com este fantástico espaço onde estamos inseridos: são necessárias atividades continuadas que provoquem mudanças de atitude e até mesmo hábitos de vida, para isso é preciso estimular o afeto e o carinho em relação aos recursos naturais de forma que cada um de nós tenha gravado no coração a preocupação com a sobrevivência deste ambiente, deixando aos muitos que ainda estão por vir, este berço de vida que é a natureza , de forma que possam desfrutar de seu magnífico convívio.

* Assessora Técnica Estadual de Plantas Medicinais da Emater/RS
** Assessor Técnico Estadual em Saneamento Ambiental da Emater/RS


Fonte: Raquel Aguiar / Emater/RS
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r