Boa tarde!
15/10
 

Artigos

Voltar
Quarta-feira, 06 de agosto de 2003 - 19h16m

Arte e Cultura > Outros

A 17ª Moenda é dedicada a João Salvador



A Moenda já é adulta. Sua idade e maturidade, no
entanto, não são, como seria desejável, somente motivo
de conquistas e fulgurantes marcas que a associasse no
cenário artístico-cultural destes pagos. Estar adulta
e à beira da maioridade traz-lhe, também,
compromissos, responsabilidades e vicissitudes. Dentre
as últimas, é lamentável que se instale a oportunidade
de ter de preitear seus mortos. Pois a Moenda já vem
tendo de fazê-lo. E, nesta edição do evento, mais uma
saudosa lembrança é preciso que se vivifique.

João Salvador Flor de Barcellos, patrulhense da boa
cepa, esteve entre os primeiros organizadores da
Moenda, entre os primeiros que nela acreditaram,
entres os primeiros que a ela juntaram seus esforços,
entre os primeiros que de suas mãos saíram as sementes
que a frutificaram.

João Salvador Flor de Barcellos, que há poucos anos a
carreira profissional o levou a distanciar-se de nós e
de sua querência, e que, há poucos dias, o tresloucado
trânsito rodoviário o levou de vez do nosso convívio.
Ele, o Joãosinho, faz parte da história da Moenda, e,
em seus anais, permanecerá vivo, e exemplo da
determinação de quantos continuam a fazê-la.

(João Salvador Flor de Barcellos foi um dos fundadores
da Moenda - Associação de Cultura e Arte Nativa, a
produtora da Moenda. Nas duas primeiras diretorias da
entidade, Salvador foi o tesoureiro, além de
participar ativamente até a 16ª edição do Festival)


Fonte: Victor Sérgio Pereira da Rosa
















© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r