Boa tarde!
17/07
 

Notícias

Voltar
Segunda-feira, 31 de maio de 2010 - 19h55m

Eventos > Feira

BA: Embrapa apresenta tecnologias para o Oeste da Bahia



Luís Eduardo Magalhães/BA

A Embrapa Soja (Londrina-PR), a Embrapa Cerrados( Brasília-DF) e a Embrapa Transferência de Tecnologias (Brasília- DF) apresentam suas tecnologias para produção de soja e de girassol no oeste da Bahia, durante a Bahia Farm Show – Feira de Tecnologia Agrícola e Negócios, realizada em Luís Eduardo Magalhães (BA), entre 01 a 05 de junho de 2010.

A Embrapa irá apresentar três cultivares de soja indicadas para a região (BRS 313, BRS 314 e BRS 315RR) e duas cultivares de girassol: BRS 321 e BRS 324. Outros temas que serão debatidos durante o evento são: aspectos biológicos e manejo da praga Sternechus Subsignatus na Cultura da Soja e manejo da ferrugem asiática da soja.

A BRS 313 tem ciclo precoce (113 a 115dias), o que possibilita o cultivo no início da safra e permite uma segunda cultura no mesmo ano. Além disso, apresenta alto potencial produtivo no oeste da Bahia e resistência às principais doenças da soja. 

A BRS 314 também apresenta grande potencial de produtividade e ciclo médio de maturidade (118 a 123 dias). Indicada para cultivo no Oeste da Bahia, a nova cultivar é resistente às principaios doenças da soja.

A BRS 315RR é outro lançamento da Embrapa para o oeste baiano. A cultivar transgênica apresenta tolerância ao herbicida glifosato, sendo indicada para áreas com problemas de infestação com plantas daninhas. A nova cultivar associa ainda alto potencial de rendimento, resistência às principais doenças e ciclo médio de maturidade (118 a 124 dias).

Girassol
Além disso, a Embrapa apresenta duas cultivares de girassol: BRS 321 e BRS 324 - indicadas para as regiões Sul, Nordeste e Central do Brasil - a previsão é que cheguem para o produtor rural em 2011.

O híbrido BRS 321 é resistente ao míldio, doença com grande potencial destrutivo. Além disso, este híbrido apresenta bom potencial de produtividade, média de 1800kg/ha, e bom teor óleo, média de 42%. A semeadura deste híbrido é indicada entre agosto e setembro na região Sul e entre fevereiro e março na região Central do Brasil. Na região Nordeste, a produtividade média do híbrido é de 1700 kg/ha, em semeadura de maio.

A BRS 324, por ser uma variedade, apresenta menor produtividade (média de 1.500 kg/ha), em relação ao híbrido. No entanto, tem como grande diferencial o alto teor de óleo, em média, 47%. “Por apresentar um menor custo de semente, esta variedade pode ser uma boa opção para produtores menos tecnificados”, explica o pesquisador Cláudio Portela, da Embrapa Soja.


Fonte: Embrapa Soja














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r