Boa noite!
19/07
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 01 de junho de 2010 - 13h42m

Agricultura > Mamona

MG: consorcio de culturas beneficia agricultor familiar que planta mamona no Norte de Minas



Claro dos Poções/MG

Agricultores familiares de Claro dos Poções, no Norte de Minas, estão provando que é possível conciliar o plantio de oleaginosa para a fabricação de biocombustíveis com o cultivo de culturas básicas praticadas em suas propriedades. Nas comunidades rurais de Candeias, Brejão, Riachinho, Leite e São José, Boa Sorte, Cassianópolis, Barra do Rio Traíras, Água Boa e Quebra Ovo, entre outras; muitas famílias, 15 delas cadastradas no Projeto de Biocombustíveis da Petrobras, estão plantando mamonas em consórcio com feijão, milho, quiabo e abóbora.

A atividade é incentivada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), que desenvolve trabalho com esse fim, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (Ufla), prefeitura municipal, associações comunitárias e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS).

Waldir Gonçalves Cardoso, da comunidade de Cassianópolis, que fica a cinco quilômetros do centro urbano de Poções do Claro, é um exemplo de agricultor familiar local que aderiu à prática e não se arrepende. Em uma área de três hectares ele plantou e colheu mamona, feijão, abobora e milho e já prepara nova empreitada no mesmo terreno. Gonçalves afirma que colheu mais de cinco mil quilos de mamona. Vendeu o grão da oleaginosa e também comercializou parte do feijão, milho e abobora que foram colhidos. O restante deixou pra consumo familiar. “Com certeza vou continuar plantando desta forma. E ainda vou ter uma terra mais adubada, pois a mamona é boa pra isso”, afirma ao ser indagado se pretende continuar usando a técnica.

Segundo o engenheiro agrônomo da Emater-MG local, Alvimar de Souza Eleutério, o plantio de mamona vai além das vantagens financeiras imediatas, resultantes da venda da oleaginosa para a Petrobras. É também uma excelente forma de adubação orgânica para o solo, principalmente, em casos como os do Norte de Minas, onde o período de chuvas é mais curto. Alvimar explica que o pé de mamona tem uma raiz profunda que permite levar água e nutrientes para a terra, sendo assim, uma boa alternativa para enfrentar esta limitação do clima regional. “Por ter uma raiz que pode chegar a mais de dois metros de profundidade, a mamona possibilita a infiltração da água e leva mais nutrientes para o solo, além de melhorar o controle de pragas.”, argumenta.

Alvimar ainda afirma que a experiência de plantar mamona em consórcio com outras culturas não é uma novidade. Ela é utilizada há cerca de cinco anos no município, antes mesmo do Projeto de Biocombustíveis, implantado em 2007. Pelo contrato firmado, a Emater-MG mantém parceria com a Petrobras para atender aos produtores de mamona nas atividades de orientações técnicas, cadastramento e distribuição de sementes e sacarias para o acondicionamento da oleaginosa.

A Emater-MG trabalha com o Projeto de Biocombustíveis em cerca de 60 municípios do Norte mineiro. Em todos eles, a orientação é pelo estímulo ao consórcio com outras culturas, garante o coordenador técnico regional da Emater-MG de Montes Claros, Reinaldo Nunes de Oliveira. A proposta, segundo Nunes, é conciliar o cultivo da oleaginosa, usada como matéria-prima de biodisel, com culturas usadas para a alimentação humana e animal. “Trabalhamos para estimular o plantio de culturas de subsistência.

O agricultor familiar não tem muita área, então ele tem de consorciar. Por isso os arranjos produtivos com a mamona são importantes e feitos conforme a realidade de vida deles. A idéia é que ele encare a produção de alimentos como um meio de sustento e a produção de mamona como uma espécie de poupança para outras despesas. Muitos têm aderido a esta orientação”, sustenta.


Fonte: Governo de Minas Gerais














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r