Boa noite!
11/12
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 01 de junho de 2010 - 16h53m

Eventos > Outros

TO: Estado comemora Dia Mundial do Leite com incentivos à produção e consumo



Palmas/TO

O Tocantins comemora, hoje (1º), o Dia Mundial do Leite com incentivos à produção e o consumo do leite pela população tocantinense. Nos últimos anos, o Governo do Estado, por meio da Seagro – Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento estimula a produção do leite com projetos de melhoramento genético do gado leiteiro, balde cheio, APL – Arranjo Produtivo do Bico do Papagaio, entre outros.

A atividade leiteira é praticamente explorada em todo território nacional. Pelos dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a produção anual brasileira de leite, em 2007, foi de 26 bilhões. No Tocantins, em 2007, foram produzidos 213,7 milhões de litros. No Estado as regiões mais produtoras são Araguaína, com 70 milhões de litros, representando 32% do leite tocantinense, em seguida o Bico do Papagaio, onde foram produzidos 39 milhões de litros. Estas duas regiões formam 49% do total de todo Estado.

Outros municípios também vêm crescendo neste segmento da produção leiteira tais como: Bernado Sayão, Colinas do Tocantins, Nova Olinda, Araguatins e Augustinóolis.

Melhoramento genético
Os investimentos em melhoramento genético visam atingir a excelência do rebanho tocantinense, promovendo a produção e a produtividade leiteira, como informa a diretora de Produção Animal da Seagro, Érika Jardim. “Com a tecnologia de transferência de embriões iremos multiplicar a qualidade genética das vacas leiteiras para todo o Estado”, afirmou.

Érika Jardim informa ainda que as ações de investimentos na pecuária estão mostrando aos produtores tocantinenses a possibilidade de aumentar e melhorar a criação bovina leiteira e de corte. ”Com o sistema de criação ATF – Inseminação Artificial em Tempo Fixo pode-se expandir o número de prenhezes no período em que o produtor desejar e, ainda, com menor mão-de-obra”, informou.

Expansão
A Seagro busca recursos em três órgãos federais para estimular ainda mais essa produção. Os órgãos são: Ministérios do Desenvolvimento Agrário, Integração Nacional e Ministério da Agricultura. A meta é trabalhar com 10,5 mil vacas com o sistema de ATF.

Benefícios
A introdução de outro tipo de alimentos na dieta alimentar após a amamentação não retira o valor do leite. A sua importância transcende a riqueza em cálcio, constituindo um alimento que reúne, na sua composição, todos os grupos de nutrientes indispensáveis à alimentação.

O leite é uma excelente fonte de minerais, entre os quais o cálcio, o fósforo, o magnésio e o zinco. Contém ainda proteínas de elevada qualidade ou valor biológico (ricas em aminoácidos essenciais) e vitaminas (principalmente A e de complexo B).

É um alimento com uma importância particular em determinadas faixas etárias e estados fisiológicos, mas tem uma utilidade quase universal. Nos primeiros anos, pela sua riqueza alimentar; na adolescência, por ser uma fonte privilegiada de cálcio; e mesmo na idade adulta, quando se perfila como um factor de prevenção da osteoporose.


Fonte: Governo da Tocantins














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r