Boa noite!
19/07
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 02 de junho de 2010 - 16h19m

Eventos > Palestra

SP: Abcsem lança livro e promove palestras na 17ª Hortitec



Holambra/SP

Durante a 17ª edição da Hortitec, que será realizada entre os dias 16 e 18 de junho, no Pavilhão da Expoflora, em Holambra (SP), a Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (Abcsem), promoverá em seu estande o lançamento de um livro sobre Produção de Mudas de Hortaliças, resultado de uma parceria com o Prof. Keigo Minami, renomado pesquisador da Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq/USP). Este livro, o segundo escrito por ele sobre o assunto, possui um perfil mais técnico e abordará a importância da qualidade das mudas no processo produtivo de hortaliças.

Sobre as motivações que o levaram a escrever o livro, Keigo Minami explica que por ter sido um dos protagonistas das mudanças ocorridas na produção de mudas no Brasil, sentiu-se na obrigação de relatar como o setor chegou ao estágio atual. “A iniciativa da Abcsem em patrocinar um livro como este é um grande avanço, porque prova sua preocupação com o assunto. Agradeço muito este patrocínio, porque sem ele o livro, ou melhor, o rascunho, iria ficar mais algum tempo esperando”, complementa.

De acordo com Minami, embora haja muita pesquisa, ainda há pouca abordagem do ponto de vista teórico sobre o assunto. Por isso, ele acredita que o livro ajudará muitos profissionais da área a produzir mudas de qualidade. “A conscientização sobre a importância das mudas no sistema de produção vegetal ou no agronegócio é crucial, principalmente quanto à sua qualidade”, salienta.

Panorama do setor de mudas
Sobre o panorama brasileiro da produção de mudas de hortaliças, Minami aponta que as mudanças são evidentes. “Pensava-se que pequenos produtores atuariam de forma mais ativa, criando perspectivas regionais sobre determinadas espécies. O que estamos presenciando é o aparecimento de grandes empresas, às vezes, dominando quase que um estado inteiro e até comercializando em outros estados”. Em relação à qualidade, ele observa que “embora tenha melhorado bastante, ainda existe certo equívoco sobre o que é realmente muda de alta qualidade”.

O sistema de produção de mudas é bastante recente - 25 anos - e o seu uso, em escala maior, tem apenas 15 anos. “De acordo com Keigo Minami, os empresários ainda estão na fase de autodidatas, usando técnicas baseadas na experiência. Isso porque técnicos e engenheiros agrônomos mais velhos não tiveram essa noção quando se formaram e, então, tiveram que aprender por conta própria como usar a tecnologia. Os novos também não têm tido muita noção porque a maioria das faculdades de agronomia não leciona nada sobre essa tecnologia. São poucos os cursos extracurriculares a respeito do tema. Faça-se uma exceção, com muito mérito, à citricultura paulista”.

Currículo
Nascido em Pompéia (SP), em 1945, Keigo Minami tem cerca de 120 trabalhos e 40 livros publicados. Formou-se pela Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq/USP) em 1965, quando recebeu o convite para ser docente na instituição. É pós graduado em Horticultura pela The Ohio State University (1973), doutor pela Esalq/USP (1977), onde fez a Livre-Docência (1980) e tornou-se professor titular (1992) e orienta trabalhos de mestrado, doutorado e de iniciação científica.

Palestra abordará consumo de hortaliças
Também durante a Feira, a Abcsem promoverá, em parceria com a Flortec, eventos de capacitação compostos por oficinas técnicas e um ciclo de palestras. Dentre as quais se destaca a palestra: “Aumento no Consumo de Hortaliças: Um desafio para o setor”, que será ministrada por Márcio Nascimento, consultor de Relacionamento Institucional da associação, e pelo associado Cyro Cury Abumussi, do Projeto Terra de Gigantes, da Fazenda Ituaú de Salto/SP.

Embora os brasileiros estejam em busca de uma alimentação mais saudável, o consumo de hortaliças e frutas ainda é baixo no país e encontra-se abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 400g diárias. “A Abcsem veste a camisa da campanha pelo aumento do consumo de legumes, verduras e frutas (FLV), visando promover a saúde e despertar a consciência da opinião pública sobre os benefícios do consumo de FLV para o combate às doenças crônicas, como doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e alguns tipos de câncer”, afirma Luis Eduardo Rodrigues, presidente da Abcsem.

Segundo ele, diante de uma sociedade globalizada, com predomínio de fast-foods, alimentos com altos teores de açúcar e gordura, aliado ao alto número de sedentários no país, aumentar o consumo de FLV constitui-se um desafio e tanto a ser vencido. “Mas, com a união do setor, por meio da articulação de políticas públicas, que estimulem a segurança alimentar e a produção sustentável, além de incentivos à agricultura familiar, visando o abastecimento completo das redes de varejo; o país como um todo tende a ganhar, à medida que a horticultura nacional será fortalecida e ainda mais valorizada no Brasil e no exterior”, pondera Luis Eduardo.


SERVIÇO:

Lançamento do livro “Produção de Mudas de Hortaliças” e manhã de autógrafos
Data: 16 de junho (quarta-feira)
Horário: das 10h às 12h
Local: Estande da Abcsem (localizado no Setor Verde, entre o Casa Bella Café e via de acesso aos restaurantes e anfiteatro da feira).



Palestra – Aumento no Consumo de Hortaliças: Um desafio para o setor
Data: 18 de junho (sexta-feira)
Horário: das 14h às 16h
Local: Sala Amsterdã


Fonte: Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (Abcsem)














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r