Boa tarde!
17/07
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 02 de junho de 2010 - 16h24m

Agricultura > Safra

ES: mês de junho marca início da safra de aipim



Vitória/ES

Junho representa o início da safra de aipim, com grande oferta na Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa/ES), empresa vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento Aqüicultura e Pesca (Seag). O período de safra continua até outubro.

A informação consta no Calendário de Comercialização Agrícola – Edição 2010, baseado nos registros da série histórica do período de 2005 a 2009, onde foram utilizadas as médias mensais da movimentação dos produtos hortigranjeiros e comercializados no Entreposto da Ceasa/ES em Cariacica.

De acordo com o setor Técnico e Estatístico da Ceasa/ES, entre junho e outubro de 2009 foram comercializados 2.163.336 quilos de aipim no Entreposto, com preço médio de R$ 0,49 o quilo. O valor movimentado no período totalizou R$ 1.059.642,59.

Já em 2010, entre janeiro e maio, foram comercializados 1.857.005 quilos, com preço médio de R$ 0,58 o quilo. O total corresponde a R$ 1.069.071,77.

Aplicações
O aipim é um dos símbolos da culinária nacional. Cozida ou frita, em forma de purê ou utilizada em diversos tipos de caldos ou farinhas, tem sabor e é fonte de carboidratos, cálcio e fósforo e vitamina C.

Seu cultivo é de grande relevância econômica, em especial como fonte de carboidratos para milhões de pessoas nos países em desenvolvimento. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais, com 23 milhões de toneladas de raízes produzidas por ano.

Atualmente a demanda de amido de aipim (fécula) tem crescido de forma substancial, principalmente pela indústria, a exemplo da utilização de fécula na mistura de farinha de trigo para fabricação de pães, que reduz as importações de trigo.

Conservação
O aipim deve ser consumido preferencialmente logo após a compra, pois estraga rápido. Se as raízes estiverem inteiras, não devem ser guardadas por mais de dois dias. Se já cortadas, descasque e coloque na geladeira numa vasilha com água.

Como escolher
O aipim normalmente é vendido com a ponta cortada para as pessoas poderem verificar a qualidade. A casca deve se soltar com facilidade e o interior deve ter uma cor branca uniforme, sem manchas pretas. Se optar pelo aipim já descascado e embalado a vácuo, consulte a data de validade.




Bolo de aipim
Ingredientes:
- 1 e ½ kg de aipim ralado;
- 2 xícaras (chá) de açúcar;
- 2 xícaras (chá) de manteiga;
- 5 ovos;
- 1 colher (sobremesa) de canela em pó;
- ½ xícara (chá) de queijo ralado;
- ½ xícara (chá) de coco ralado;
- 1 pitada de sal.

Modo de Preparo:
Em uma tigela, coloque o aipim e adicione ½ copo de água. Misture bem, passe por uma peneira fina e deixe escorrer por 5 minutos, para retirar o excesso de polvilho de aipim. Despeje a massa peneirada em uma tigela, adicione o açúcar e mexa até que ele se dissolva. Em seguida, junte a manteiga derretida. Mexa bem, acrescente os ovos batidos, a canela, o queijo, o coco e o sal. Misture e coloque em uma fôrma untada. Leve o bolo para assar em forno médio pré-aquecido por 45 minutos, ou até que enfiando um palito ele saia limpo. Retire do forno, espere esfriar, corte em pedaços e sirva.


Fonte: Governo do Espírito Santo














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r