Bom dia!
13/12
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 08 de junho de 2010 - 17h41m

Eventos > Outros

BA: Seagri Itinerante movimenta agricultores familiares em Ribeira do Pombal



Ribeira do Pombal/BA

Reunir agricultores familiares de 16 municípios dos Territórios Semi Árido Nordeste II e Sisal para discutir suas demandas e definir soluções para as diversas cadeias produtivas. Este é o objetivo da Seagri Itinerante Mais Alimento Bahia, realizada pela Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), hoje e amanhã (08 e 09), em Ribeira do Pombal.

Com as presenças dos superintendentes de Irrigação e de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, de técnicos da EBDA, ADAB, Bahia Pesca e de entidades também vinculadas à Secretaria, de secretários de Agricultura dos municípios envolvidos, de lideranças das cadeias produtivas, agentes financeiros, associações comerciais e industriais, cooperativas e de agricultores familiares, o primeiro dia do evento focou as cadeias produtivas da caprinocultura, apicultura, pecuária de leite, fruticultura (caju), grãos e mandioca, suas demandas e possíveis soluções.

O resultado do fórum de discussão sobre as cadeias produtivas será apresentado, em reunião com o secretário da Agricultura, amanhã, para a tomada de decisões. “Uma das nossas preocupações é chegar junto ao agricultor, conhecer suas necessidades e, principalmente, as soluções apresentadas, segundo o ponto de vista desses agricultores”, explicou o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário, Raimundo Sampaio.

Foram mais de 200 agricultores familiares reunidos, representando um universo de 55 mil agricultores, distribuídos entre os municípios de Cipó, Ribeira do Amparo, Itapicuru, Ribeira do Pombal, Fátima, Nova Soure, Adustina, Antas, Banzaê, Cícero Dantas, Heliópolis, Novo Triunfo, Olindina, Paripiranga, Sítio do Quinto e Tucano, região tradicionalmente conhecida pelas produções de feijão, vigna (feijão de corda), milho, mandioca, caju, mamona, sorgo, e ainda apicultura e caprinovinocultura. Nessa região, outras culturas começam a despontar, entre frutíferas e olerícolas, como alternativas de emprego e renda para esta faixa da população rural.

Segundo o gerente Regional da EBDA, José Augusto Bitencourt, está é uma oportunidade única para os agricultores da região discutirem suas dificuldades diretamente com o secretário Eduardo Sales. “Apesar do esforço despendido por toda a equipe da empresa para atender a agricultura familiar nos territórios de Identidade que compõem a região, nada como se ter uma visão local das demandas, discutir com os próprios agricultores e buscar soluções conjunta para atender às reivindicações apresentadas”, enfatizou o gerente.

A programação, para amanhã, contará com a Feira da Agricultura Familiar Mais Alimentos Bahia, onde haverá a distribuição de mudas de gliricídia, nin e cajueiros, pela EBDA, divulgação dos programas Semeando, Sertão Produtivo e Apicultura, exposição de máquinas e equipamentos agrícolas, curso de capacitação para elaboração de projetos, para 30 técnicos, entrega de trator a um agricultor da comunidade de Barrocão, de Ribeira do Pombal, dentre outras iniciativas.


Fonte: Seagri/BA














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r