Boa tarde!
17/07
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 09 de junho de 2010 - 16h18m

Eventos > Outros

MG: Emater lança Circuito Frutifica Minas nesta sexta-feira



Brumadinho/MG

Aumentar a quantidade e melhorar a qualidade da produção de frutas no Estado. Estes são os principais objetivos do Circuito Frutifica Minas, criado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). “Será o maior evento da fruticultura mineira”, prevê o coordenador técnico estadual de Fruticultura da Emater-MG, Deny Sanábio.

A primeira etapa do circuito será realizada nesta sexta-feira (11), a partir das 8h, em Brumadinho. Entre as palestras, com especialistas de várias instituições, haverá destaque para as oportunidades de mercado e defesa fitossanitária. Os participantes conhecerão ainda o atual panorama do setor de cítros e as alternativas para melhorar a renda, com a diversificação do cultivo.

Além da região Central, em 2010 serão realizadas etapas do Circuito Frutifica Minas em mais quatro regiões do Estado: Campo das Vertentes (em São João del-Rei, no dia 17 de junho), Norte (em Janaúba, dia 8 de julho), no Sul (Caxambu, dia 19 de agosto) e no Triângulo (Uberlândia, em setembro). “São municípios estratégicos na produção. Nos próximos anos, pretendemos ampliar o circuito para mais municípios e inserir o evento no calendário de atividades dos fruticultores”, afirma o coordenador da Emater-MG.

“A fruticultura em Minas Gerais vem apresentando grande destaque no cenário socioeconômico nacional. A área plantada é de mais de 130 mil hectares, com produção de mais de 2,3 milhões de toneladas por ano. A atividade está presente de forma comercial em 500 municípios mineiros e gera cerca de 500 mil empregos diretor e indiretos”, ressalta Deny Sanábio.

Ele explica que o Circuito Frutifica Minas é uma oportunidade de multiplicar a disseminação de tecnologias junto aos produtores, o que poderá contribuir para o aumento da produtividade, com redução de custos de produção e consequente aumento da renda. “O mais importante é garantir a sustentabilidade dos fruticultores. A atividade é grande geradora de emprego e Minas Gerais tem muito potencial para ampliar a participação nos mercados nacional e internacional”, afirma o coordenador.

Sanábio enfatiza que os fruticultores precisam estar atentos às crescentes exigências de qualidade por parte dos consumidores, o que deverá influenciar o desenvolvimento do setor, inclusive com introdução de novos tipos de frutas. Uma estratégia sugerida é o plantio de variedades com épocas diferenciadas de colheita. Isso, explica, vai permitir a comercialização durante um período maior, sem que os produtores tenham que se sujeitar aos preços menores praticados nos picos de safra.

O Circuito Frutifica Minas tem entre os parceiros a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), a Universidade Federal de Lavras, a CeasaMinas e apoio da Sociedade Mineira dos Engenheiros Agrônomos (SMEA) e do CREA-MG.


Fonte: Governo de Minas Gerais














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r