Bom dia!
22/07
 

Notícias

Voltar
Quinta-feira, 10 de junho de 2010 - 19h30m

Política Agrícola > Agricultura Familiar

DF: projeto de assentamento do PR recebe R$ 3 milhões para estruturar produção de leite, diz MDA



Brasília/DF

O maior projeto de assentamento do Paraná e um dos maiores do País, o PA Celso Furtado, em Quedas do Iguaçu (PR), recebe, até o final da primeira quinzena deste mês, investimentos de R$ 3 milhões do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) na modalidade A (Estruturação Inicial da Produção). Ao todo serão 400 famílias de assentados que receberão, cada uma, R$ 20 mil. O montante é liberado em três parcelas no ano e será aplicado para dar início às atividades de exploração comercial da terra, com a supervisão de técnicos que prestam serviços de assistência técnica no assentamento.

O empréstimo do Pronaf tem prazo de dez anos para pagamento, com três ou cinco anos de carência. A taxa de juros é de 0,5% ao ano e o beneficiário tem desconto de 40% do valor principal no ato de cada amortização. Os primeiros recursos do financiamento estão sendo utilizados na estruturação inicial da produção.

"O Pronaf A é destinado exclusivamente para a agricultura agroecológica e verificamos que no PA Celso Furtado, a exemplo de outros casos de sucesso em assentamentos no Paraná, houve a opção pela criação de gado leiteiro com alimentação à base de pasto", explica o superintendente regional do Incra no estado, Nilton Bezerra Guedes.

O técnico em Agropecuária Valmir José de Souza, 31, presta serviços para o convênio Incra/Emater/Fundação Terra para o Programa de Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (ATES) desde agosto de 2008. O convênio vai até dezembro de 2011. Ao todo, são dez técnicos que atendem 1.083 famílias no PA Celso Furtado. "No início, havia um certo descrédito dos assentados com o trabalho de ATES porque não existia continuidade e eram de curta duração. Porém, com o programa implantado pelo Incra em parceria com o Governo do Estado, o quadro mudou e conseguimos estruturar a produção. Atualmente, nosso foco é a geração de renda por meio de atividades rurais sustentáveis e diversificadas", diz Souza.

De acordo com o técnico, no primeiro ano, o trabalho foi na capacitação técnica dos assentados. "Agora, chegou-se à conclusão que a atividade produtiva com maior potencial é a pecuária leiteira, no sistema de pastoreio racional Voisin (PRV). Algumas unidades demonstrativas já estão em operação no PA e há, também, potencial para desenvolvimento de atividades produtivas como a piscicultura", completou.

O Pronaf é um programa do Governo Federal e tem por objetivo construir um padrão de desenvolvimento sustentável para os agricultores familiares e suas famílias, visando o aumento e a diversificação da produção, como conseqüente crescimento dos níveis de emprego e renda, proporcionando bem-estar social e qualidade de vida.


Fonte: MDA














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r