Bom dia!
11/12
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 11 de junho de 2010 - 09h40m

Pesquisa > Tecnologia

DF: Embrapa apresenta dados on line sobre unidades de iLPF



Imagens

Foto: Divulgação / Embrapa



Brasília/DF

Produtores de todo o país podem ter acesso on line a informações sobre localização e sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) obtidos em 189 Unidades de Referência Tecnológica (URTs). O objetivo é disseminar o sistema, que tem potencial para recuperar pastagens degradadas ou em degradação e incrementar a produção agropecuária e florestal num só tempo, com ganhos para o agricultor e para a sociedade.

O agricultor maranhense, Aluísio Fernandes, já testou e aprovou o instrumento. Ao acessar as informações, o pecuarista que também produz milho e melancia localizou a Unidade de Referência Tecnológica (URT) de São Raimundo das Mangabeiras (MA), que pretende visitar. Fernandes já utiliza os sistemas de plantio direto e planeja, agora, inserir o componente florestal no suporte à recuperação de áreas degradadas existentes em sua propriedade - de mais de dois mil hectares, localizada no município de Ribamar Fiquene (MA).

“Já agendei a visita à URT e espero obter informações que me ajudem a decidir qual madeira plantar”, diz o zootecnista. Para a safra de 2012, Fernandes espera ter incorporado a floresta ao sistema e, posteriormente, a pecuária. O coordenador do Programa de Transferência de Tecnologia para iLPF, o agrônomo da Embrapa Transferência de Tecnologia, Luiz Carlos Balbino, comemora a adesão.

Desde 2005, a Embrapa trabalha no aperfeiçoamento e divulgação da iLPF junto a produtores. Ao longo dos últimos cinco anos foram instalados modelos físicos de sistemas de produção, denominados URTs, em 189 pontos do Brasil. “O entusiasmo de Aluísio mostra que as Unidades estão cumprindo com seu papel, que teve alcance ampliado com a nova ferramenta disponível no site da Embrapa Gado de Leite ”, afirma.

Dados
A Embrapa Gado de Leite (Juiz de Fora/MG) é um dos 30 centros de pesquisa da Embrapa que integram a rede de transferência de tecnologia em iLPF. O banco de dados on line contendo informações sobre localização e informações técnicas sobre a iLPF nas propriedades podem ser acessados pelo site daquele centro: www.cnpgl.embrapa.br, no ícone com a marca da iLPF, inserida na lateral inferior esquerda da página, em “Acesse Também”.

No ícone “Procurar”, o produtor terá acesso às informações sobre cada uma das Unidades de Referência. Lá, também é possível obter os contatos dos coordenadores técnicos das URTs para o agendamento de visitas às propriedades.

As informações são gerenciadas pelo pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Carlos Eugênio Martins. Segundo ele, os dados são atualizados pelos coordenadores das URTs e, para facilitar o trabalho de busca do internauta, foi montado um mapa com a localização das Unidades de Referência - presentes em todas as regiões e biomas brasileiros.

“No momento temos 189 URTs disponíveis para consulta e assim que outras três sejam incluídas, faremos a versão final dos mapas”, explica Martins, que destaca a parceria com a Bunge no projeto. Em breve, a Embrapa estenderá a instituições parceiras - como Organizações Estaduais de Pesquisa e de Assistência Técnica e Extensão Rural - a possibilidade de inserção de dados sobre suas URTs no sistema.

Lei
Na última semana, o Senado aprovou Projeto de Lei que institui a Política Nacional de iLPF, prevendo incentivos aos produtores que adotarem o sistema, cuja implantação exige investimentos. A adesão em larga escala poderá reduzir significativamente o volume atual de áreas de pastagens degradadas no País, avaliada em cerca de 50 milhões de hectares. O PL também prevê estímulo à pesquisa, desenvolvimento, inovação e transferência de tecnologia.


Fonte: Embrapa














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r