Bom dia!
17/12
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 11 de junho de 2010 - 15h02m

Agricultura > Safra

RS: lavouras de trigo estão com bom desenvolvimento, informa Emater



Porto Alegre/RS



TRIGO


A atual safra de trigo atinge, nesta semana, 30% de área plantada, sendo que 27% já estão germinados. Com as condições meteorológicas transcorrendo dentro da normalidade e beneficiando a cultura , as lavouras se desenvolvem bem neste início de safra. Segundo o Informativo Conjuntural, elaborado pela Emater/RS-Ascar, não foram registrados casos de pragas ou moléstias, e as plantas apresentam bom vigor.


CANOLA

A semeadura da canola foi encerrada na região do Planalto, ocupando uma área de aproximadamente 15.000 hectares. No Alto Uruguai, a estimativa de plantio é de uma área próxima aos 1.300 hectares. No Noroeste e Missões a área está estimada em 3.320 hectares. A média de produtividade esperada é de, aproximadamente, 1,5 toneladas por hectares. A cultura encontra-se toda semeada, com 7% iniciando a fase de germinação e 93% já em desenvolvimento vegetativo, com bom padrão e sem problemas com pragas e doenças no momento.


OLERÍCOLAS

Em geral, as olerícolas apresentaram melhora na qualidade, durante o período, devido aos últimos dias de tempo bom, ensolarado e com baixa umidade, o que dificulta a proliferação de doenças fúngicas. O mercado registrou leve reação nos preços recebidos pelos produtores.

No Litoral Médio, municípios de Tavares e Mostardas, as sementeiras de cebola estão implantadas e apresentam bom desenvolvimento; foram utilizadas aproximadamente 65% de variedades precoces. A previsão de área transplantada deve aumentar em relação ao ano passado, entre 15% e 20%, ficando entre 1.050 ha e 1.100 hectares. A semeadura direta nas áreas que utilizam essa tecnologia já foi iniciada. Na região da Serra, as condições do clima possibilitaram o estabelecimento das sementeiras remanescentes, restando apenas as áreas destinadas à semeadura direta, normalmente realizada no mês de julho. As variedades precoces vêm se desenvolvendo muito bem, com retomada do crescimento, e as sementeiras das variedades do tarde se encontram com boa germinação.


BOVINOS

O mercado estadual de bovinos para abate está valorizado. A oferta de animais tem sido regular, o que impediu uma grande variação nos preços. Porém, devido ao declínio do campo nativo, é esperada uma redução na oferta para os próximos períodos, com conseqüente elevação nos valores praticados. Isso se confirma no último levantamento sistematicamente realizado nas principais praças de comercialização. A vaca gorda passou de R$ 2,20 para R$ 2,24 o kg vivo, aumento de 1,82%, e o boi gordo aumentou 1,21%, passando seu preço médio de R$ 2,49 para R$ 2,52 o kg vivo. A ausência de geadas está possibilitando a manutenção do rebanho graças à boa disponibilidade de forragem na forma de volumoso.


Fonte: Emater/RS














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r