Boa noite!
14/12
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 16 de junho de 2010 - 13h45m

Eventos > Feira

DF: agricultores familiares e artesãos capixabas irão participar de Feira Nacional em Brasília



Brasília/DF

O Espírito Santo estará presente na VII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária - Brasil Rural Contemporâneo, que acontece entre esta quarta (16) e o próximo domingo (20), em Brasília. A Feira, que receberá expositores de todo o Brasil, terá a participação de cerca de 40 agricultores e artesãos do Estado, que terão a oportunidade de promover nacionalmente os produtos da agricultura familiar capixaba. O público estimado na Feira é de 200 mil pessoas, sendo a maior feira da agricultura da América Latina

Participarão da VII FENAFRA, 13 associações e cooperativas de agricultores familiares e assentados da reforma agrária com produtos da agroindústria; e mais 4 associações de artesanato do Estado. As 17 associações representam grupos de produtores e artesãos dos municípios de Santa Maria de Jetibá, Itarana, Castelo, Conceição do Castelo,Venda Nova do Imigrante, Itapemirim, Anchieta, Piúma, Iconha, Marataízes, São José do Calçado, Aracruz, Conceição da Barra, Vila Pavão, Montanha e Cariacica.

Além dos expositores, participarão também do evento técnicos do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e de prefeituras, responsáveis pela mobilização dos agricultores e artesãos. O Incaper custeará o transporte para Brasília e hospedagem com café da manhã para 30 agricultores e técnicos, que partirão de Vitória nesta segunda-feira (14). O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) arcará com as passagens aéreas e hospedagem dos 17 expositores que representarão oficialmente os empreendimentos selecionados.

Dentre os produtos que serão comercializados durante o evento, estão: socol e embutidos diversos, noz macadâmia, cachaça, mel, café orgânico, sabonete de leite cabra, antepastos, doces, chips de banana, frutas cristalizadas, compotas diversas, biscoitos, fubá de moinho de pedra, geléias, banana passa, bombons e farinha de banana, beiju, tapioca, polvilho, farinha de mandioca, conservas vegetais, queijos variados, melado de cana, açúcar mascavo e uma diversade de peças utilitárias e decorativas do artesanato feito em coco, fibra de bananeira, bucha vegetal, conchas, sementes entre outros materiais.

“A Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária é o mais importante evento para a divulgação e promoção dos produtos da agricultura familiar capixaba, além de excelente oportunidade para os agricultores familiares, artesãos e técnicos do Estado conhecerem e trocarem experiências, sejam estas relacionadas a tecnologias de produção, formas de organização dos produtores e seus empreendimentos, mercado e comercialização dos produtos, bem como ampliarem suas redes de relacionamento”, afrima a coordenadora do programa de Agroindústria do Incaper, Rachel Quandt Dias, que foi uma das responsáveis pela seleção e mobilização dos agricultores capixabas.

Polenta de Venda Nova será destaque
A grande novidade deste ano será a primeira participação do Espírito Santo na Praça de Alimentação do evento. A polenta de Venda Nova do Imigrante foi selecionada pela coordenação da Feira para ser servida no espaço. Serão oferecidos três tipos de pratos: polenta frita, polenta com molho e a polenta com lingüiça. O Estado irá representar a região Sudeste.

Feira Nacional da Agricultura Familiar
A partir do ano de 2004, o Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) deu início a realização da Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária (FENAFRA) – maior feira da agricultura da América Latina. Foram até o momento seis edições, sendo quatro em Brasília/DF e as duas últimas no Rio de Janeiro.

Em todas as edições o objetivo foi de promoção, divulgação e comercialização dos produtos da Agricultura Familiar e Reforma Agrária, público este beneficiário das políticas públicas do MDA. Na primeira Feira participaram 277 empreendimentos de agroindústrias e artesanato , representando 21 Unidades da Federação. A participação dos produtores foi crescente ao longo dos anos, sendo que na sexta edição em 2009 contou com 650 expositores de todo país e, em 2010, serão 670 expositores selecionados.

Na feira, os expositores tiveram oportunidade de vender seus produtos e de realizar diversos negócios com comerciantes, varejistas, proprietários de supermercados, lojas de produtos naturais, restaurantes, hotéis e similares, seja diretamente nos estandes, seja nas rodadas de negócios. Grandes volumes de negócios foram realizados durante as seis edições da Feira. Nas últimas, mesmo tendo aumentado expressivamente a quantidade de produtos ofertados, muitos expositores ficaram sem o que expor e vender, bem antes do dia previsto para o término da Feira, devido ao sucesso das vendas nos dias anteriores.

O público expositor é formado por agricultores familiares, pescadores artesanais, mulheres rurais, assentados da reforma agrária e do Crédito Fundiário, extrativistas, aquicultores, quilombolas e indígenas que atendam os requisitos de enquadramento como beneficiários do PRONAF e que sejam proprietários de empreendimentos agroindustriais e de artesanato rural. Participarão ainda do evento técnicos do MDA, das instituições oficiais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), das Unidades da Federação e dos municípios, movimentos sociais, escolas agrotécnicas, Universidades, instituições e organizações de ciência e tecnologia, organizações não governamentais, potenciais compradores e consumidores.


Fonte: Governo do Espírito Santo














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r