Bom dia!
17/12
 

Notícias

Voltar
Quinta-feira, 17 de junho de 2010 - 16h08m

Agronegócio > Tomate

RO: tomate de Rondônia abastece a cidade de Manaus



Porto Velho/RO

O secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri), Francisco Evaldo de Lima, acompanhou, nesta manhã, a embarcação de aproximadamente 30 toneladas de tomates, com destino a Manaus. A produção é de Alto Alegre dos Parecis que, pelo quarto ano consecutivo abastece aquele mercado. Milho e feijão produzidos e Rondônia também abastecem a capital amazonense.

Alto Alegre dos Parecis, 531 quilômetros distante da capital, Porto Velho, tem se destacado na produção agrícola, em especial o tomate. Atentos ao consumo no mercado os agricultores se uniram para atender as demandas e hoje, organizados, conseguiram aumentar a produção, agregar valor ao produto.

Através da Cooperativa Agropecuária de Alto Alegre dos Parecis (Coopealto), toda a produção de tomate é enviada para Manaus. Segundo Marcos Dummer Schmidt, presidente da Coopealto, são encaminhadas, semanalmente, “de duas a três cargas de quinze toneladas cada”.

Evaldo de Lima diz que, com a exportação os agricultores além de possibilitar melhor para o produto garantem o mercado para o tomate. O secretário diz ainda que, recentemente recebeu em seu gabinete a visita de uma comissão de Manaus, composta por investidores do grupo Carrefour, com interesse em adquirir produtos de Rondônia para abastecer a rede de supermercado de Manaus. “A proposta é abastecer, de forma contínua, com legumes, frutas e verduras”.

Através da Seagri, em parceria com a Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater), o secretário vem tentando viabilizar recursos para que a Cooperativa possa adquirir um caminhão e assim diminuir os custos com transporte, que é hoje o maior fator de entrave para reduzir custos operacionais.

A Organização das Cooperativas do Brasil em Rondônia (OCB-RO) também tem sido uma grande parceira na comercialização dos produtos agrícolas, principalmente na capacitação dos agricultores, orientando-os na busca de melhores mercados. Salatiel Rodrigues, presidente OCB-RO conta que as cooperativas em Rondônia estão se destacando. “Além dessa Cooperativa, outros segmentos produtivos oferecem um percentual de sua produção em Rondônia e comercializam o restante em outros Estados”, diz citando o exemplo dos produtos lácteos.

O milho, o feijão, o inhame também bem ganhando espaço fora do Estado e a perspectiva de ampliar as exportações, principalmente após a abertura da BR-319, que liga Porto Velho à Manaus, no estado do Amazonas. “A carga de tomates de Alto Alegre dos Parecis demora até cinco dias para chegar a Manaus. Com a abertura da estrada será possível fazer com que a mercadoria chegue em, até um dia e meio, no máximo”.


Fonte: Governo de Rondônia














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r