Boa tarde!
17/08
 

Notícias

Voltar
Segunda-feira, 21 de junho de 2010 - 14h21m

Eventos > Dia de Campo

RO: Embrapa promove Dia de Campo de Milho, Sorgo e iLPF



Vilhena/RO

Uma exposição de diferentes cultivares, que vão desde materiais rústicos a híbridos de alta tecnologia. Assim pode ser resumido o Dia de Campo de Milho, Sorgo e iLPF, que acontece na quinta-feira (24) de junho, no campo experimental da Embrapa em Vilhena, Cone Sul do Estado de Rondônia. Além dos materiais de 12 diferentes empresas desenvolvedoras de sementes, serão apresentadas as cultivares de milho recém lançadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Pesquisador da Embrapa Rondônia, Vicente Godinho explica que o grande diferencial do Dia de Campo será a exposição de cultivares. “Aqui o produtor terá a oportunidade de ver lado a lado os diferentes materiais e conhecer o que cada cultivar tem a oferecer”.

Dentre os lançamentos da Embrapa está o milho BRS 1040, híbrido simples de alta produtividade e ciclo precoce, que oferece alto retorno financeiro a produtores que mantêm lavouras com elevado uso de insumos. As cultivares de milho BRS 2022 e BRS 3025, também lançadas pela Embrapa este ano, apresentam tolerância e resistência, respectivamente, ao acamamento e ao quebramento. Além dos lançamentos, os produtores poderão conhecer outros materiais da Embrapa com características interessantes, como o híbrido triplo BRS 3035 superprecoce e as vairedades BRS 4103 e BRS Caimbé.

Os híbridos de alta tecnologia fazem contraste com variedades mais rústicas, que apresentam produtividade baixa, mas que oferecem outras vantagens. Vicente Godinho explica que muitas vezes o produtor pode optar por uma variedade para reduzir os riscos, especialmente quando se extende o período de plantio da safrinha e a lavoura fica mais vulnerável à estiagem.

“Como os custos com a semente podem variar de R$ 30 a mais de R$ 370 por hectare, em situções de risco apostar em uma cultivar de alta tecnologia pode trazer um prejuízo muito grande. O risco é mais alto”, afirma Vicente. O assunto será abordado em palestras sobre cultivares, práticas culturais e manejo.

Integração Lavoura Pecuária Floresta
Outra tecnologia que pode reduzir riscos em uma propriedade é a integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF). A ideia é manter na propriedade diferentes culturas, o que reduz a vulnerabilidade ao mercado. Experimentos conduzidos no Campo Experimental de Vilhena, da Embrapa Rondônia, serão visitados pelos participantes do evento.

O Dia de Campo de Milho, Sorgo e iLPF é um evento gratuito, aberto ao público e direcionado a produtores, estudantes e profissionais ligados ao campo. As inscrições podem ser feitas no local, às 8h da manhã. O Campo Experimental de Vilhena fica na BR 364 Km 6, próximo à divisa com Mato Grosso.


Fonte: Embrapa














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r