Boa noite!
16/08
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 22 de junho de 2010 - 07h48m

Agronegócio > Aves

Mato Grosso quer ser também o maior em aves



Em Primavera do Leste será instalada a empresa Big Frango; em Jaciara, a Seara; Lucas do Rio Verde tem a Sadia; Nova Mutum, a Perdigão; e Tangará, a Anhambi.


Cuiabá/MT

Mato Grosso cresce em ritmo chinês e um dos segmentos da indústria que mais acompanham essa tendência e tem atraído investidores é a avicultura. De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias da Alimentação no Estado de Mato Grosso (Siamt), Wilmar Franzner, a grande procura pelo Estado tem explicação: é devido à grande produção de matéria-prima para ração. Franzner destaca que um dos entraves desse segmento é a falta de mão-de-obra.

Para amenizar essa dificuldade, o Siamt realiza diversas ações. Uma delas é o curso ‘Construindo Negócios Sustentáveis – Modelos, Cenários e Estratégias’ destinado a empresários do setor que participam do Arranjo Produtivo Local (APL das Aves). O curso que será realizado em Tangará da Serra irá começar no dia 28 de junho e encerrar no dia 2 de julho.

Ao todo, são 50 vagas destinadas às indústrias frigoríficas, produtores e criadores de aves do município. Os cursos fazem parte do projeto que o Siamt desenvolve em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia-DF, que tem como objetivo fortalecer o segmento e toda a cadeia produtiva das aves, através de ações que visam melhorar a competitividade das empresas tanto para o comércio local, como para a exportação, bem como atrair novos investimentos para o setor. Em busca de capacitar e investir na melhoria da avicultura no Estado.


EXPORTAÇÃO

De acordo com os dados da Assessoria Econômica da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), o setor da alimentação é um dos que mais cresceram nos últimos 10 anos. As exportações do complexo carne neste ano registram expressiva recuperação. A carne de frango foi a que mais se destacou neste período, com crescimento de 51% no faturamento e de 55% em toneladas, contudo a carne bovina continua liderando com aumentos de 42,5% em valor e 18,8% em volume físico.


INVESTIMENTOS

Com a franca expansão do setor, já estão em negociação novos investimentos. Em Primavera do Leste será instalada a empresa Big Frango; em Jaciara será construída a Seara; Lucas do Rio Verde possui a Sadia; Nova Mutum, a Perdigão; e Tangará da Serra, a Anhambi.


Fonte: Diário de Cuiabá














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r