Bom dia!
19/08
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 22 de junho de 2010 - 07h59m

Agroindústria > Cana-de-Açúcar

SP: total de cana moída pelas usinas até maio é 21% maior



Foram processadas cerca de 134,2 milhões de toneladas, ante 110,8 milhões em 2009.


Ribeirão Preto/SP

A moagem de cana-de-açúcar para safra 2010/2011, que está em andamento, encerrou o mês de maio com um volume 21% maior do que o registrado no mesmo período da safra passada.

Os dados são da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) e abrangem o centro-sul, região responsável por 80% da produção.

De acordo com a entidade, até maio deste ano foram moídas 134,2 milhões de toneladas de cana. Essa matéria-prima foi usada para produzir 5,4 bilhões de litros de etanol e 6,6 milhões de toneladas de açúcar.

No final de maio da safra 2009/2010, haviam sido processadas 110,8 milhões de toneladas de cana, que deram origem a 4,6 milhões de toneladas de açúcar, e 5,4 bilhões de litros de etanol.

O responsável pelo avanço do processamento de cana na safra atual é o clima.

Nos últimos meses de 2009, a produção do setor sucroalcooleiro sofreu com interrupções causadas por um período de chuvas.

De acordo com o assessor técnico da Canoeste, Oswaldo Alonso, essas paralisações levaram a uma sobra de matéria-prima nos canaviais.

Para processar a cana extra, usinas começaram a funcionar mais cedo neste ano.

A estiagem nos meses de abril e maio contribuiu para as empresas conseguirem moer sem interrupções, ou seja, começaram antes e não foram atrapalhadas ao longo da colheita, segundo o assessor da Canoeste.

O diretor regional da Unica Sérgio Prado também atribui à antecipação da safra e ao período sem chuvas o aumento na moagem de cana.

O tempo seco também elevou a qualidade da cana colhida, o que ajudou a aumentar o ATR (Açúcar Total Recuperável) da matéria-prima, de acordo com Prado.

Apesar do patamar elevado de produção alcançado pelas usinas até maio, ao final da safra o avanço não deve manter o ritmo atual, de acordo com Alonso.

Segundo ele, como as usinas começaram a processar cana mais cedo, o final do período de colheita também deve ser antecipado, fazendo com que o aumento na produção seja menos intenso do que o observado até maio.


Fonte: Folha de São Paulo














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r