Boa tarde!
23/07
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 22 de junho de 2010 - 15h38m

Eventos > Reunião

DF: produtos extrativos são incluídos na política de preços mínimos



CMN define aplicação de R$ 24 milhões para subvenção durante a safra 2010/2011


Brasília/DF

Para a safra 2010/2011, os frutos de umbu, mangaba e baru também farão parte da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM). Nesse período, o governo destinará R$ 24 milhões para a subvenção dos produtos extrativos. A decisão foi tomada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), em reunião ordinária realizada nesta terça-feira (22).

A norma atualiza, ainda, os preços mínimos para os frutos de açaí e pequi e insere o pó cerífero (tipo B) e a cera de carnaúba (tipo 4) como produtos extrativos para efeito de subvenção. A expectativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é que esses valores sejam divulgados em portaria, na próxima semana.


PGPM
Durante a safra 2009/2010 foram incluídos na Política de Garantia de Preços Mínimos o açaí (fruto), pequi (fruto), borracha natural extrativa, babaçu (amêndoa), piaçava (fibra) e castanha do Brasil. De julho de 2009 a maio de 2010 foram concedidos cerca de R$ 2,2 milhões em subvenção a esses produtos, o que abrangeu 7,2 mil agricultores familiares da região Norte e dos estados do Maranhão e Bahia.

Trigo
Na reunião desta terça-feira, o Conselho Monetário Nacional também fixou o preço mínimo para a safra 2010 do trigo. O valor será divulgado em portaria do Ministério da Agricultura, que deverá ser publicada na próxima semana.


Fonte: Mapa














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r