Boa tarde!
15/08
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 29 de junho de 2010 - 08h03m

Agricultura > Soja

MT: Imea confirma maior safra de soja de Mato Grosso



Cuiabá/MT

A temporada 09/10 de soja foi a maior da história do Estado tanto em área cultivada como em produção. Conforme dados divulgados ontem pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), mesmo com a queda de produtividade (0,8%) os sojicultores mato-grossenses colheram 18,8 milhões de toneladas em uma extensão de terra de 6,2 milhões de hectares.

Os números da safra 09/10 foram consolidados no final da semana, já que junho tradicionalmente marca o fim da safra de soja em Mato Grosso. Em relação à temporada passada houve incremento em produção e área cultivada de 8,1% e 9%, respectivamente.

Como observa o Imea – órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Famato) – os números não foram recordistas em relação à remuneração ao produtor. A rentabilidade operacional até junho está em 6,4 sacas por hectare no médio norte (Sorriso), 5,4 sc/ha no oeste (Sapezal) e 3 sacas por hectare no sul (Campo Verde), “entretanto se considerarmos os custos com terra (arrendamento) e maquinário os produtores encerraram 09/10 com um lucro médio para o Estado de apenas R$ 8,67 por hectare. Já para a temporada 10/11 os primeiros números do Imea estimam uma queda na área plantada de 1,8%, devendo ser plantados 6,09 milhões de hectares. Tal queda virá por áreas menos atrativas que devido à baixa rentabilidade de 2009/10 deverão ser “abandonadas”.

2010 - Na semana passada, a Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado (Aprosoja/MT) confirmaram que o novo ciclo deverá apresentar redução de cerca de 2% sobre a área cultivada em 09/10. As causas da redução da área plantada são os resultados desfavoráveis obtidos na safra anterior (09/10), como a queda de preços da commodity no mercado internacional e baixos índices de produtividade associados à desvalorização cambial.

Outro fator que traz desânimo aos produtores é a margem de rentabilidade, que ano a ano vem apresentando queda. No ciclo 07/08, por exemplo, a rentabilidade da safra de soja chegou a R$ 108 por hectare (ha). Na safra seguinte o lucro despencou para R$ 59/ha e, na safra 09/10, continuou caindo, agora para R$ 46. Para a nova temporada a Aprosoja/MT tem estimativa pior: margem negativa de R$ 102,88 ha. “Será mais uma safra tensa para o produtor: ele plantará já sabendo que poderá colher prejuízos”, afirma o presidente da Aprosoja/MT, Glauber Silveira.

Marianna Peres


Fonte: Diário de Cuiabá














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r