Bom dia!
17/12
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 30 de junho de 2010 - 07h51m

Agricultura > Cana-de-Açúcar

DF: canaviais "preferem" antigos pastos, aponta a Conab



Brasília/DF

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apresentou ontem um amplo mapeamento da atividade sucroalcooleira em todo o país. A despeito de se tratar da safra 2008/09 e de trazer, portanto, dados que tiveram expressivas mudanças no último ano - como a concentração de mercado -, o estudo traça um completo perfil da atividade industrial, que abrange desde a origem da matéria-prima até o mix de produção das usinas, passando por indicadores da atividade agrícola por Estado, incluindo produtividade.

Entre as informações destacadas pela Conab está a que mostra quais as atividades foram substituídas pelo cultivo da cana na temporada 2008/09. O mapeamento mostra que no Centro-Sul a cultura ocupou principalmente áreas de pasto (79%), seguidas por área de soja, milho e laranja. Confirma, ainda, que foi em São Paulo onde se concentrou o crescimento de área cultivada. Dos 414,605 mil hectares de cana expandidos na safra 2008/09 em todo país, 194 mil foram nesse Estado.

O segundo maior em crescimento foi Minas Gerais, com 75,5 mil hectares, seguido de Goiás e Mato Grosso do Sul. Nas regiões Norte e Nordeste, a cana avançou em 33,839 mil hectares, sendo 20,709 mil hectares em área de pasto e em 1,977 mil hectares em áreas novas, sendo a maior parte delas (1,447 mil hectares) no Maranhão. No Amazonas não houve nenhum cultivo.

O levantamento confirma São Paulo como o Estado de maior área cultivada com cana (4,6 milhões de hectares), seguido por Minas Gerais (715 mil hectares). No Nordeste, Alagoas tem a maior área (483 mil hectares).


Fabiana Batista


Fonte: Valor Econômico














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r