Boa tarde!
14/12
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 02 de julho de 2010 - 17h45m

Agronegócio > Cooperativismo

PR: Cocamar anuncia arrendamento das unidades operacionais da Corol



Maringá/PR

Cocamar firmou contrato de arrendamento das unidades operacionais da Corol, situadas em municípios da região Norte do Estado. O arrendamento, começa a valer a partir de segunda-feira, dia 5 de julho, e tem a finalidade de prestar atendimento imediato aos 7,5 mil cooperados da Corol na safra de milho de inverno, cuja colheita está começando, e também organizar o fornecimento de insumos para a safra de verão.

Para isso, foi assinado documento entre as duas diretorias. Ao mesmo tempo, Cocamar e Corol estudam a situação de cada indústria desta última para que suas atividades sejam mantidas. Apenas a usina de açúcar e álcool não entrou no acordo. A Corol, que enfrenta dificuldades financeiras, possui também indústria de suco concentrado de laranja, torrefadora de café, moinho de trigo, fábrica de rações e suplemento mineral.

A Corol conta com unidades nas chamadas regiões Norte Novo e Norte Pioneiro, e também no município paulista de Iepê, situado na divisa com o Paraná. Em sua região de abrangência, há 286 mil hectares cultivados com grãos, dos quais 118 mil de milho e 115 de trigo, 6 mil com pomares de laranja e 21 mil com lavouras de café. Nesses locais, os cooperados fazem a entrega das safras e a aquisição de insumos agropecuários.

De acordo com a diretoria da Cocamar, a operacionalização das unidades arrendadas será da cooperativa de Maringá, que para isso vai enviar na próxima semana uma equipe de colaboradores para dar apoio e suporte aos funcionários da Corol. O presidente da Cocamar, Luiz Lourenço, enfatiza que o acordo vai permitir que o funcionamento das unidades e das indústrias da Corol seja mantido normalmente.

O que facilita o entendimento entre a Cocamar e a Corol, conforme explica Luiz Lourenço, é o fato de as duas “terem afinidade histórica e sinergia”. Ambas já realizaram operações conjuntas nos últimos anos. Na safra de verão 2009/10, a Cocamar garantiu o fornecimento de parte dos insumos aos cooperados da Corol e, a seguir, adquiriu também boa parte da safra de soja entregue pelos produtores àquela cooperativa.

Segundo Lourenço, “essa é uma oportunidade para crescer”. Na visão dele, “uma estrutura forte permite agregar mais valor ao cooperado”. Em 2009 a Cocamar faturou R$ 1,4 bilhão e, com a soma das outras duas, o montante chegaria de R$ 2 bilhões, havendo a possibilidade de, em três ou quatro anos, subir para R$ 3 bilhões.


Fonte: Cocamar














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r