Bom dia!
22/07
 

Notícias

Voltar
Sábado, 03 de julho de 2010 - 14h11m

Eventos > Cooperativismo

DF: parlamentares vão celebrar o Dia Internacional do Cooperativismo no Senado nesta segunda-feira



Brasília/DF

O Congresso tem sessão solene conjunta nesta segunda-feira (5), às 11h, para comemorar o Dia Internacional do Cooperativismo - celebrado neste ano em 3 de julho - e os 40 anos da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). A sessão será realizada no Plenário do Senado.

Criada em 1969, a OCB é responsável pela promoção, fomento e defesa do sistema cooperativista no país. Atualmente, segundo informações da entidade, a OCB representa 7.600 cooperativas em todo o país, que contam com 7,6 milhões de associados.

Essas cooperativas atuam em 13 ramos, entre os quais agropecuária, saúde, trabalho, educação, habitação, crédito, consumo, serviços, eletrificação e telecomunicação. Só o setor de crédito tem mais de mil cooperativas, contabilizando um milhão de associados, conforme a OCB. Essas cooperativas geram cerca de 170 mil empregos diretos.

A criação da OCB ocorreu durante o IV Congresso Brasileiro de Cooperativismo, realizado em 1969. A entidade substituiu a então Associação Brasileira de Cooperativas (Abcoop) e a União Nacional de Cooperativas (Unasco).

Já o Dia Internacional do Cooperativismo foi instituído em l923, durante o Congresso da Aliança Cooperativa Internacional (ACI). Esse dia é comemorado no primeiro sábado de julho de cada ano.

Na história do cooperativismo no Brasil, os jesuítas se destacaram formando grupos de sociedade solidária, já em 1610. Segundo a OCB, esse modelo de sociedade, fundamentado no trabalho coletivo, perdurou por cerca de 200 anos, visando o bem-estar do indivíduo e da família, valores com prioridade sobre o interesse econômico da produção.

Mas foi somente em 1847 que surgiu no país o movimento cooperativista que seguia os modelos europeus, baseados no trabalho associativo e na experiência de atividades familiares comunitárias. Esse movimento começou no interior do Paraná. Segundo a OCB, o Rio Grande do Sul também implantou um modelo de cooperativismo em 1902, fundamentado nos trabalhos desenvolvidos junto a pequenas comunidades rurais e vilas na Alemanha. Nesse mesmo ano, surgiram as cooperativas de crédito gaúchas e, em 1906, nasceram as cooperativas rurais, idealizadas por produtores agropecuários.

Na década de 1950, se disseminou no país o modelo de cooperativa de crédito mútuo, criado pelo canadense Alphonse Desjardins (1854-1920) e, por isso, chamado de Desjardiano. Sua principal característica é a existência de vínculos entre os sócios, reunindo grupos homogêneos como os de clubes, trabalhadores de uma mesma fábrica ou funcionários públicos, entre outros.


Fonte: Agência Senado














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r