Bom dia!
16/07
 

Notícias

Voltar
Domingo, 04 de julho de 2010 - 21h25m

Agricultura > Algodão

MT: Estado vai aumentar investimentos no cultura do algodão



Imagens

Foto: Página Rural



Cuiabá/MT

A perspectiva para a safra 10/11, em Mato Grosso, é de manutenção da área plantada para a maioria das culturas, com leve recuo no cultivo de soja, em função da baixa rentabilidade proporcionada pela oleaginosa neste ano, e aumento no plantio de algodão, devido à recuperação dos preços da pluma.

Na safra 09/10 a área plantada com algodão cresceu 17% em Mato Grosso, para 416,7 mil hectares, impulsionada pela recuperação dos preços da pluma, a partir do final do ano passado. Na safra 08/09, a área havia retraído 33% em relação à anterior, para 355,6 mil hectares. A perspectiva é de retomada do plantio para atingir o recorde de 529,6 mil hectares registrado na safra 07/08.

O diretor executivo da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Seneri Paludo, prevê também a repetição do padrão tecnológico registrado na safra passada, levando em conta os custos e a expectativa de que os preços se mantenham nos patamares atuais.

Além da rentabilidade da soja, que, apesar de positiva, foi a menor dos últimos três anos, outro fator que influenciará a decisão de plantio da safra 10/11 são as perspectivas ruins para a comercialização de milho.

Paludo explica que os produtores mato-grossenses aumentaram a área plantada de safrinha, mas estão colhendo menos cereal por hectare, por causa da quebra provocada pela estiagem. Com a área maior, a produção se manteve estável e a oferta vem deprimindo os preços. Por isso, diz ele, que a nova temporada começou num ritmo devagar, tanto na compra de insumos como nas vendas antecipadas da soja, em relação aos últimos dois anos.

Em relação ao milho, Seneri Paludo considera prematuro fazer previsões, pois as tradings começam a fechar os pacotes de troca do cereal por insumos a partir de setembro. Na opinião do dirigente, a comercialização do milho nos próximos dois meses será determinante para a tomada de decisão em relação ao plantio da próxima safra.


SOJA

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) prevê uma redução de 2% da área plantada de soja na próxima safra, para 6,09 milhões de hectares. Segundo a Aprosoja/MT, os produtores devem deixar de plantar em solos que, além de exigir mais investimentos e ter maior risco, proporcionam retorno menor. (AE)


Fonte: Diário de Cuiabá














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r