Boa noite!
19/07
 

Notícias

Voltar
Terça-feira, 06 de julho de 2010 - 08h56m

Eventos > Reunião

RS: Cotrijal e Embrapa Milho e Sorgo firmam parceria



Imagens

Reunião na sede da Cotrijal, em Não-Me-Toque

Foto: Divulgação / Cotrijal



A busca por altas produtividades através da tecnologia fez com que a Embrapa Milho e Sorgo propusesse uma parceria com a Cotrijal.


Não-Me-Toque/RS

Essa iniciativa foi abordada durante uma reunião de trabalho desenvolvida na sede da Cotrijal no dia 28 de junho, com a participação de seis pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo, que apresentaram os objetivos do projeto para o corpo técnico da cooperativa. O gerente de Produção Vegetal Gelson Melo de Lima e o coordenador técnico Robson Sandri também participaram da reunião e apresentaram os resultados da última safra de milho para os pesquisadores da Embrapa.

O pesquisador João Carlos Garcia, da área de economia da Embrapa Milho e Sorgo, explica que o objetivo da visita foi mostrar o projeto que está sendo desenvolvido pela Embrapa que visa regionalizar os trabalhos de pesquisa com a realização de transferência de tecnologia.

“Constatamos que embora a instituição seja nacional, há diferenças regionais nas características do milho que é produzido no Brasil. Então estamos desenvolvendo um projeto com o objetivo de regionalizar parte das atividades de transferência de tecnologia. Dentro desse princípio escolhemos parceiros em diferentes regiões para que assim seja possível montar uma rede de transferência de tecnologia, adequada as condições regionais”, revela o pesquisador, destacando que o projeto já está sendo desenvolvido nos estados do Mato Grosso, Goiás, Paraná e Santa Catarina.

Para que o projeto seja desenvolvido no Rio Grande do Sul, a Embrapa escolheu como parceira a Cotrijal, e com a cooperação do corpo técnico estará levando até os produtores algumas orientações que farão parte desses estudos. “A lógica desse trabalho é escolher parceiros, para trabalhar em conjunto, no sentido de desenvolver tecnologias adequadas para a região, onde esses parceiros atuam. Aqui no RS escolhemos a Cotrijal para dar início a esse processo e estamos procurando parceiros que possibilitem a difusão da nossa tecnologia que está sendo desenvolvida diretamente para os agricultores”, explica o pesquisador João Carlos Garcia.

Durante a reunião na Cotrijal, foi possível desenvolver um cronograma de ações que serão realizadas a partir da próxima safra. “Discutimos junto ao corpo técnico da Cotrijal em quais unidades serão implantadas as ações e que atividades farão parte desse projeto. Queremos avaliar as lavouras para verificar os motivos que limitam a produtividade de milho, ou seja, identificar as causas pontuais em determinadas lavouras, para que seja possível desenvolver ideias para serem utilizadas pelos agricultores para aumentar a produtividade, melhorar a renda e outros aspectos”, aponta Garcia.

O principal objetivo desse projeto é aumentar a produtividade e a sustentabilidade das lavouras de milho no Brasil, já que existe uma projeção de condições favoráveis para alta produtividade, fato atrativo para os agricultores. “Entendemos que só vão permanecer nessa atividade de produção de milho os produtores que sejam capazes de aliar a uma produtividade mais alta as condições de produzir a um custo relativamente adequado. Ou seja, é uma série de fatores que envolvem desde conhecimento técnico, práticas de agricultura, mas também há um conjunto de práticas gerencias que transfere para o agricultor a noção de que não basta ter uma visão de estar utilizando a tecnologia correta, mais sim de utiliza-lá no tempo certo e com nível de custo adequado. Assim acreditamos que será possível que o agricultor aumente sua produtividade ou mantenha seus ganhos, dentro de uma racionalidade econômica, que vai permitir que ele sobreviva nesse momento de preços não tão favoráveis”, observa o pesquisador.

O próximo passo de desenvolvimento do projeto será realizado pelo corpo técnico da Cotrijal junto com os pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo. O objetivo é que ao final da próxima safra seja realizada uma avaliação das ações, e o planejamento de novas atividades que darão continuidade a essa parceria.


Fonte: Cotrijal














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r