Boa noite!
25/09
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 - 16h01m

Eventos > Arroz

RS: qualidade do arroz é testada durante 27ª Abertura Oficial da Colheita, diz RiceTec



RiceExperience vai mostrar, na prática, as características de cocção e qualidade do arroz na panela


Cachoeirinha/RS

O conceito de qualidade de grãos de arroz é abrangente, pois reúne atributos físicos, químicos e culinários. As características físicas são compostas por parâmetros como renda e rendimento de grãos inteiros, grãos quebrados, defeitos físicos como grãos gessados, picados e manchados, entre outros. Entre as características químicas se destacam como parâmetros importantes a Temperatura de Gelatinização e o Teor de Amilose, itens que influenciam diretamente na qualidade culinária.

Para avaliar a qualidade do grão na panela, a RiceTec, empresa multinacional referência no desenvolvimento e comercialização de sementes de arroz, criou o RiceExperience, um evento que avalia as características do arroz. "O propósito é mostrar, na prática, as características de cocção (cozer) dos materiais da RiceTec quando comparadas aos materiais da concorrência e, assim,  desmistificar a questão da qualidade de cocção em híbridos e soltabilidade do arroz na panela", explica Marilia Rosler Vinhas, analista da Qualidade Industrial da RiceTec e responsável pela execução do projeto.

O consumidor é bastante exigente quando se trata de qualidade culinária, pois a preferência está em grãos muito soltos, com tempo curto de cozimento e que não "empapem" na panela. O grão de arroz ideal para a maioria das indústrias brasileiras é aquele que contenha renda e rendimento de grãos inteiros altos, baixo teor de defeitos, temperatura de gelatinização baixa e alto teor de amilose. No entanto, reunir todas essas características em uma cultivar não é tarefa fácil, como destaca Marilia. "Muitas vezes, são necessários vários anos de pesquisa para desenvolver uma cultivar que encontre a aliança entre quantidade e qualidade", afirma.

Em relação ao mercado brasileiro de arroz, grande parte está voltada para as marcas "Premium", compostas por grãos de alta qualidade, que agregam valor ao produto e atendem a demanda do consumidor. "O problema é que na maioria dos casos essas cultivares não são tão produtivas, o que desagrada o produtor de arroz devido aos altos custos de produção", lembra a especialista em sementes. 

O RiceExperience foi realizado durante a vigésima-sétima Abertura Oficial da Colheita do Arroz, nesta sexta-feira (17), às 12h, no estande da RiceTec.


Fonte: RiceTec














© Copyright 2017, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r