Bom dia!
19/06
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018 - 13h52m

Eventos > Agricultura Familiar

RS: em Santa Cruz do Sul, APL agroindústria e produção de alimentos assina convênio para criação de rede de comercialização




Recursos são oriundos da Consulta Popular de 2016/2017 na ordem de R$ 465.531,68 e serão aplicados em 18 meses


Santa Cruz do Sul/RS

A agricultura familiar do Vale do Rio Pardo poderá ter um incremento importante para a comercialização de seus produtos nos próximos meses. O Arranjo Produtivo Local da Agroindústria e Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo (APL VRP), através da entidade gestora Associação Pró-Ensino de Santa Cruz do Sul (Apesc), assinou nesta quinta-feira (11) com a Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sdect), um convênio para a criação de uma rede de comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar.

O convênio foi assinado pelo pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias, Angelo Hoff, e pelo gestor do APL VRP, Jesus Edemir Rodrigues, junto à Sdect. Os recursos são oriundos da Consulta Popular de 2016/2017 num valor de R$ 465.531,68, a serem aplicados em 18 meses.

O objetivo dessa rede de comercialização é ter um sistema de estoque de mercadorias que irá integrar todas as unidades produtivas, como agroindústrias familiares, cooperativas e associações de agricultores familiares produtores de alimentos, gerenciados pelo APL VRP, a fim de buscar novos mercados institucionais e o mercado final de cliente pessoa física.

O pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, Angelo Hoff, explica que para tanto, será necessário o desenvolvimento de uma plataforma de gerenciamento para atender a rede de comercialização de alimentos do APL VRP e de plataforma de comercialização capaz de apurar o estoque de alimentos, controle de fluxo de mercadorias e atributos fiscais entre comerciantes e fornecedor, que já está em andamento com a finalização do Daqui Alimentos.

Ainda será necessário o cadastramento dos comerciantes de alimentos do APL, a disponibilização e capacitação de equipe gestora atuante na rede de comercialização, a aplicação do plano de marketing para o APL VRP e a identificação de novos mercados institucionais e de consumidor final para os alimentos do APL.

Metas
Entre as metas estabelecidas no plano de trabalho estão a criação de um sistema gerencial e de estoque (para integrar as organizações de agricultores, cooperativas e associações, à rede de comercialização para atender pelo menos nove municípios do Vale do Rio Pardo. Realizar visitas às unidades produtivas de alimentos da agricultura familiar no VRP para estruturar e organizar a produção de alimentos com a rede de comercialização.

Também estão previstos a realização de cursos de capacitação, com pelo menos 25 agricultores familiares cada um, de no mínimo, 4h de duração cada, nas áreas de produção, agro industrialização e comercialização de alimentos produzidos pelo APL VRP. Criação de uma carteira de clientes, com pelo menos 20 pessoas jurídicas cadastradas, para adquirir alimentos produzidos pela agricultura familiar no VRP e servir de modelo para prospectar novos clientes. Elaboração de um manual de normas e procedimentos para a comercialização de alimentos. Mapear todas as feiras rurais e todos os pontos de venda de alimentos produzidos pela agricultura familiar nos 23 municípios do Vale do Rio Pardo, identificando a origem e procedências destes alimentos.


Fonte: rranjo Produtivo Local da Agroindústria e Alimentos da Agricultura Familiar do Vale do Rio Pardo (APL VRP)














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r