Boa noite!
24/05
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018 - 18h50m

Eventos > Dia de Campo

RS: cultura da soja ganha destaque no dia de campo em Ronda Alta, diz Emater



Imagens

Foto: Divulgação / Emater-RS



Ronda Alta/RS

A propriedade da família Orbak, localizada na Linha Vitória, interior do município de Ronda Alta, foi palco de um grande Dia de Campo da Soja nesta quinta-feira (08), que reuniu mais de 220 pessoas, entre produtores e técnicos. O evento faz parte do Projeto Lavoura de Resultados, trabalho idealizado pela Emater/RS-Ascar, Embrapa, Massey Ferguson e Syngenta, que visa proporcionar aos agricultores melhores resultados na produção da soja, com mínimo custo. Em todo o Estado, serão realizados 22 eventos oficiais, ao todo, envolvendo este projeto, para abranger todas as regiões da Emater/RS-Ascar.

A estação sobre o manejo químico, físico e biológico do solo, com destaque aos fatores que influenciam na produtividade, como a velocidade de plantio, foi apresentada pelo assistente técnico regional de recursos naturais da Emater/RS-Ascar, Carlos Roberto Olczevski. O assistente técnico reafirmou a importância da análise do solo, fez a demonstração correta da coleta de amostra, explicou cada item do diagnóstico químico para uma análise do perfil do solo e as especificações para a correção.

A equipe da Syngenta, parceira do evento, ficou responsável por trabalhar o manejo fitossanitário da soja. Os técnicos da empresa apresentaram uma linha do tempo aos produtores, explicando o desenvolvimento de alguns defensivos para a cultura da soja, bem como as tecnologias existentes hoje no mercado. O Manejo Integrado de Pragas (MIP) foi tema abordado pelo pesquisador da Embrapa Trigo de Passo Fundo, Alberto Luiz Marsaro Júnior.

O pesquisador falou dos princípios do MIP e realizou a demonstração do pano de batida, prática que auxilia os produtores a identificarem as os invasores das lavouras. "Buscar informação e conhecimento é a melhor forma de estar preparado para qualquer situação. Na vida do agricultor não é diferente. Portanto, é de extrema importância que os produtores conheçam as pragas e os invasores da cultura que estão produzindo. A amostragem com o pano de batida é uma prática que auxilia nesse processo, contribui para a economia do uso de produtos defensivos e também ajuda para que os invasores não se proliferem", salientou Marsaro.

Outra estação do Dia de Campo tratou sobre tecnologias de aplicação de defensivos agrícolas, segurança no trabalho e foi conduzida pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar de Sarandi, Luciano Schwerz. O agrônomo explicou sobre todos os fatores que devem ser observados pelos produtores para melhoria da eficiência e redução dos impactos ambientais.

Da mesma forma, Luciano alertou para a importância da utilização do equipamento de segurança, para proteção do agricultor, enfatizando todos os cuidados que devem ser tomados com a utilização dos defensivos, bem como do seu armazenamento.

O Dia de Campo da Soja reuniu lideranças de toda a região, entre elas, participaram do evento os gerentes do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Clairto Dal Forno e Mario Coelho da Silva, o vice-prefeito de Ronda Alta, Odemar Raimondi, entre outras lideranças.


Fonte: Emater/RS














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r