Boa noite!
18/10
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 13 de junho de 2018 - 15h37m

Eventos > Seminário

SP: benefícios da produção integrada do morango serão demonstrados em Piedade, diz Embrapa



Imagens

Foto: Fagoni Calegario



Piedade/SP

A Diretoria de Agricultura da Prefeitura Municipal de Piedade, SP e a Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) organizam nesta quinta-feira (14), das 18h30 às 20h30, Seminário de Sensibilização sobre a Produção Integrada de Morango (PIMo), no Anfiteatro Municipal de Piedade.

O objetivo é que a produção integrada venha a ser mais uma ferramenta adotada pelo município para garantir e comprovar, por meio de certificação, o protagonismo e o profissionalismo do agricultor piedadense, resultando em produtos de alta qualidade e segurança oferecidos aos mercados. Para isso, a Diretoria Agrícola convidou mais de 100 produtores de morangos para o evento.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) coordena nacionalmente o Programa de Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil), focado na adequação de sistemas produtivos para geração de alimentos de alta qualidade.

No Estado de São Paulo, a Embrapa Meio Ambiente, em parceria com as Prefeituras de Atibaia e Jarinu, com a Associação de Produtores de Morango e Hortifrutigranjeiros de Atibaia, Jarinu e Região e com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) desenvolve, desde 2006, um programa de Produção Integrada específico para a cultura do Morango (PIMo).

Em 2011, o grupo de produtores da região de Atibaia e Jarinu foi o pioneiro a alcançar a certificação da Produção Integrada no Brasil, passando a utilizar, desde então, o selo Brasil Certificado, chancelado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

"Ao longo destes anos, explica a pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Fagoni Calegario, a Embrapa mantém Unidades Demonstrativas da PIMo em diversos municípios, onde os produtores passam por treinamentos, adequando toda infraestrutura e adotando procedimentos técnicos de acordo com as normas e legislações, preenchendo cadernos de campo e mantendo sinalizações em vários pontos das lavouras para garantir rastreabilidade. No final do processo, as Unidades Demonstrativas passam por auditoria, que conduzirá à certificação caso seja verificada a conformidade do processo e a segurança do morango após análises microbiológica e de resíduos de agrotóxicos".

Em Piedade, continua a pesquisadora, município que se destaca na produção de morango, a Embrapa Meio Ambiente instalou uma Unidade Demonstrativa na safra de 2017. O produtor responsável, Sr. Yoshiteru Sasada, demonstrou grande interesse, dedicação e proatividade tanto nos treinamentos quanto na adoção do sistema.

A equipe do projeto fornece orientações técnicas, mas para que haja avanço e fomento desta tecnologia para os demais agricultores, representantes da Prefeitura de Piedade vieram até Atibaia no início deste ano, conheceram a iniciativa, interagiram com produtores, técnicos e gestores de Atibaia e Jarinu e agora estão incentivando os produtores a adotarem a PIMo. Recentemente, a Prefeitura enviou um grupo de produtores e técnicos que participaram do Dia de Campo sobre Manejo Integrado de Pragas (MIP), em Atibaia, SP, em 8 de junho.

Elton dos Santos, Diretor Agrícola de Piedade, está confiante de que o evento será bastante positivo para o município, demonstrando um sistema para diferenciar a produção. Acredita que a opção pela adoção da PIMo deva ser uma decisão dos produtores, mas o papel do poder público é apresentar a política pública, uma vez que traz uma ferramenta muito interessante, que permite redução dos custos de produção, garantindo qualidade e segurança do produto e respeitando o ambiente, o produtor rural e o consumidor.

No final do evento, os produtores interessados deverão se manifestar, para que a Prefeitura, a Embrapa e as instituições parceiras possam dimensionar e planejar de forma participativa como poderão continuar apoiando.

Pela seriedade e empenho dos produtores, técnicos e gestores públicos de Piedade, Fagoni Calegario afirma ter certeza que, em breve, haverá mais um grupo certificado no Estado de São Paulo.


Fonte: Embrapa Meio Ambiente














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r