Boa tarde!
18/12
 

Notícias

Voltar
Quinta-feira, 09 de agosto de 2018 - 14h32m

Eventos > Expointer

RS: Salão do Empreendedor vai encantar os visitantes da 41ª Expointer, destaca Sebrae gaúcho



Imagens

Foto: Divulgação / Sebrae RS



Esteio/RS

Maior feira agropecuária da América Latina, a Expointer, chega a sua 41ª edição entre os dias 25 de agosto e 2 de setembro. Ocupando boa parte do Pavilhão Internacional, o Salão do Empreendedor deverá ser um dos destaques para os visitantes que circularem pela feira. O espaço é uma iniciativa da Farsul, do Senar-RS e do Sebrae RS, através do Programa Juntos para Competir, em parceria com Fecomércio/Senac-RS, Fiergs/Senai-RS e Embrapa.

Planejado tendo como referência o conceito ‘Do Campo à Mesa’, o Salão do Empreendedor pretende esclarecer aos visitantes da Expointer sobre como atuam inúmeras micro e pequenas empresas que compõem as cadeias produtivas de três grandes segmentos do agronegócio gaúcho: a de carne, dos vinhos e de espumantes, e da soja. Para a completa visão de como o Estado se tornou referência nessas três áreas, uma novidade também chega em formato tecnológico: pela primeira vez, estarão no Salão do Empreendedor 15 startups que desenvolvem serviços específicos para a produção rural. Nove delas são ligadas ao Programa Startup Agrotech, lançado em 2018 pelo Sebrae RS. As outras já integraram ou ainda estão no Programa StartupRS, iniciado em 2015.

O presidente do Sistema Farsul e do Conselho Deliberativo do Sebrae RS, Gedeão Pereira, observa que, em todas as atividades do agronegócio, no mundo todo, o uso intenso de tecnologia é uma realidade que se verifica em altos índices de produtividade aliada à qualidade. "Portanto, que bom que nosso trabalho e de tantas outras organizações consegue se aproximar das inovações e colaborar para que produtores rurais tenham acesso, estímulo e resultados a partir das startups e suas ideias", destaca.

O Salão do Empreendedor terá uma estrutura de 800 m² convidativos para todo o público da Expointer. Em uma espécie de mercearia-modelo serão expostos os diferentes produtos resultantes e com valor agregado das três cadeias selecionadas. No local, que incentiva a interação, o visitante poderá conhecer a história da criação de gado nos campos gaúchos, as técnicas aplicadas, as melhorias que são utilizadas para qualificar rebanhos, visualizar a grande variedade de alimentos e outros produtos derivados da soja, além de aprender sobre a diversidade dos rótulos de vinhos e espumantes gaúchos. Nesse item, haverá explicações sobre as diferenças de uvas, processos e regiões, demostrando as vantagens dos diferentes "terroir" do Estado.

Atração encantadora e didática
A Vitrine da Carne é uma das atrações mais visitadas da Expointer nos últimos anos. No local, haverá novamente uma estrutura para assistir demonstrações de consultores e mestres em cortes e tipos de carnes. Eles ensinam, ao vivo, e conforme programação, técnicas para obter excelentes experiências de consumo. Por exemplo, a desossa e a apresentação de diferentes cortes e modos de preparo de carnes selecionadas. A Vitrine da Carne é organizada pelo Sistema Farsul.

Confira um pouco sobre as cadeias produtivas que estarão representadas na Expointer:

Bovinocultura de Corte
A vocação pecuária do Rio Grande do Sul, a produção de carne de qualidade e a relevância dessa cadeia para a economia do Estado serão alguns dos pontos que o público visitante verá em destaque. A conexão com a gastronomia e as possibilidades da harmonização com o mundo dos vinhos e espumantes também estarão no Salão do Empreendedor.

Vinicultura (somente vinhos e espumantes)
Estão presentes 30 empresas produtoras de vinhos e espumantes do Rio Grande do Sul. A ideia é divulgar dados e regiões produtoras, mostrar rótulos premiados, novidades e lançamentos. Será possível conhecer uma vinícola modelo e as tecnologias usadas para produção de vinhos finos, além de participar de oficinas de harmonização.

Soja
De grande relevância econômica para o Estado, a parte que mostra a soja é um pouco diferente. As micro e pequenas empresas que atuam com ela, na sua maioria, são integrantes da cadeia produtiva antes das fazendas. Isto é, trabalham com máquinas e equipamentos, caminhões ou armazenamento, fertilizantes e agroquímicos, embalagens, etc. No Salão do Empreendedor, os visitantes terão oportunidade de vislumbrar o impacto econômico dessa cultura no RS, a variedade de produtos e subprodutos da soja, além de conhecer tecnologias de ponta utilizadas na agricultura de precisão, bem como o uso de drones na atividade.


Fonte: Sebrae RS














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r