Boa noite!
20/10
 

Notícias

Voltar
Sexta-feira, 10 de agosto de 2018 - 17h13m

Eventos > Embrapa

DF: Embrapa amplia banco genético de batatas com 1.732 novas amostras



Brasília/DF

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia recebeu no dia 7 de agosto de 2018 mais 1.732 acessos de batata (Solanum tuberosum) da coleção de batatas do CIP (International Potato Center), localizado no Peru. Essa foi a sexta remessa e agora o Banco Genético da Embrapa conta com um total de 4.392 acessos deste material. De acordo com a pesquisadora Patrícia Flores, a princípio não serão enviadas novas amostras, ou seja, a coleção está completa. "O que continuará a ser enviado são lotes para a renovação do que já está sendo conservado", afirmou.

Assim que chegaram à Embrapa, foi realizada uma desinfestação nas caixas e nos tubos de ensaio onde o material foi transportado. Após essa etapa, foi feita uma conferência dos acessos enviados por meio de uma lista de checagem fornecida pelo CIP. Em seguida, a equipe da coleção in vitro verificou o estado em que se encontram as culturas (se houve contaminação microbiana durante o trajeto entre o Peru e o Brasil, e se as plantas estão estioladas ou com folhas amarelas por terem ficado sob ausência de luz no tempo em que permaneceram nas caixas).

Todas estas informações constam em relatório que é elaborado e enviado no dia seguinte à chegada do material. Finalmente, o material foi transferido para a sala de conservação à 10°C. "Durante o período de armazenamento, esta mesma verificação será realizada duas vezes ao ano, gerando relatórios que serão encaminhados ao CIP. Quando detectada a necessidade de renovação da coleção, o CIP enviará um novo lote para repor os acessos em estágio avançado de senescência", explica a pesquisadora.

Coleção de batata mais valiosa do mundo
A coleção de batatas do CIP é considerada a mais valiosa do mundo no que se refere à diversidade genética, já que o país é o berço genético dessa cultura, originária da Cordilheira dos Andes (situada entre Peru e Bolívia). O CIP é o detentor do maior banco de batata in vitro (conservada em tubos de ensaio) do mundo. Essa forma de conservação é a mais adequada no caso dessa cultura, por se propagar vegetativamente por mudas e não por sementes. A cópia de segurança é como um backup da diversidade genética de batata daquele país, que é o maior produtor de batata da América Latina, no qual o consumo per capita é superior a 80 quilos.

A escolha da Embrapa para ser a guardiã da cópia de segurança da coleção peruana se deve a dois motivos, como explica a pesquisadora do CIP, Nataly Franco. "O primeiro critério é a cooperação técnica mantida há décadas pelas duas instituições. O segundo é a moderna e segura infraestrutura oferecida pelo Banco Genético, mantido pela Empresa em Brasília".


Fonte: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r