Boa tarde!
18/10
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 10 de outubro de 2018 - 16h52m

Eventos > Copercampos

SC: Cidasc repassa informações sobre uso e armazenamento de defensivos aos associados da Copercampos



Imagens

Foto: Divulgação / Copercampos



Campos Novos/SC

A Copercampos, em parceria com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina – Cidasc, reuniu ontem (9) à noite, no auditório da matriz, em Campos Novos/SC, associados da região, com o objetivo de repassar informações sobre o trabalho desenvolvido pela Companhia, na fiscalização sobre uso e armazenagem de defensivos agrícolas no estado de Santa Catarina.

Após o decreto Nº 1.331, de 16 de outubro de 2017, a Cidasc passou a ser responsável pela fiscalização de uso de defensivos, e durante esse ano, estratégias foram elaboradas para orientar o produtor rural sobre esta atribuição da Companhia.

Na palestra com os associados da Copercampos, o gestor do Departamento Estadual de Defesa Sanitária Vegetal – Dedev, engenheiro agrônomo Ricardo Miotto Ternus e o gestor da Divisão de Fiscalização de Insumos Agrícolas, engenheiro agrônomo Matheus Mazon Fraga, repassaram informações sobre a atuação da Cidasc e o que é preciso realizar na propriedade para atender a legislação vigente.

Segundo Ricardo Miotto, nas visitas as propriedades, os fiscais analisam a documentação necessária para compra e uso de defensivos, como notas fiscais e receituário agronômico, além dos cuidados com armazenagem dos produtos e de embalagens vazias. “A Cidasc tem trabalhado no campo neste primeiro ano em caráter informativo, orientando os produtores da importância de comprovar a compra e uso dos defensivos, armazenagem correta e comprar a entrega das embalagens vazias. Nós estaremos ainda em 2019 repassando as orientações ao produtor rural para que se adotem as medidas necessárias e ambientalmente corretas para desenvolver suas atividades com qualidade”, repassou.

Na palestra, o gestor da Divisão de Fiscalização de Insumos Agrícolas, engenheiro agrônomo Matheus Mazon Fraga, apresentou os deveres dos produtores rurais quanto ao uso de defensivos agrícolas. “A Cidasc começou a fazer a fiscalização a partir de outubro de 2017 e estamos nos deparando com situações que não estão de acordo e o principal motivo disso é a falta de informações sobre as obrigações do produtor, então o nosso objetivo é repassar para o agricultor as normas existentes, os cenários que encontramos no estado e os projetos que a Cidasc desenvolve para evitar problemas no campo”, reforçou Matheus.

Com a comprovação da documentação necessária, espaços para armazenagem correta de embalagens e uso de EPI’s, por exemplo, os produtores cumprem com seus compromissos frente a legislação e previnem problemas de saúde e ambientais.

A Copercampos, por meio da equipe técnica, com apoio da Cidasc, fará um projeto para padronização dos locais utilizados para armazenagem de defensivos, a fim de atender as necessidades nas propriedades e a legislação.


Fonte: Copercampos














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r