Boa noite!
18/12
 

Notícias

Voltar
Quarta-feira, 05 de dezembro de 2018 - 17h50m

Eventos > Sebrae

SC: mais de dois mil produtores rurais participaram do Encadeamento Produtivo neste ano



Imagens

Foto: Divulgação / Sebrae/SC



Chapecó/SC

Reconhecido pelos expressivos resultados em Santa Catarina, o "Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos – Sebrae/SC: suínos, aves e leite" ampliou sua atuação em junho de 2018 e passou a atender o Rio Grande do Sul, Paraná do Mato Grosso do Sul mediante investimentos de R$ 11 milhões. Os resultados foram expressivos e possibilitaram atender mais de 2.300 produtores rurais nos quatro Estados. Para 2019, a previsão é de aproximadamente 2.000 novos participantes.

Os treinamentos executados por meio do projeto contemplam o "De Olho na Qualidade Rural", "De Olho Granjas", "Qualidade Total Rural", "Times de Excelência", "Sustentabilidade", "Resgate De Olho" e capacitações para técnicos. O projeto, que tem por objetivo contribuir com a melhoria dos índices de produtividade e competitividade, promovendo a inserção de pequenos negócios em cadeias de valor de grandes empresas por meio de relacionamentos cooperativos, foi foco de reunião entre representantes de cooperativas, Sebrae/SC, Sebrae/RS, Sebrae Nacional, e entidades parceiras nessa semana, em Chapecó.

O analista da unidade de competitividade do Sebrae Nacional, Gustavo Melo, avalia de forma positiva as ações deste ano. "Os números são cada vez mais claros e permitem conhecermos o perfil dos produtores rurais atendidos. O fato de quase 60% deles estarem em uma faixa de idade produtiva é um aspecto que contribui para os significativos resultados. Eles também estão explorando cada vez mais os dados relativos à produção rural e à propriedade, demonstrando melhorias na gestão. Além disso, tivemos uma conversa interessante com os consultores que atendem o programa a fim de avaliar as melhorias que faremos a partir de 2019. Entre os pontos discutidos estão a adoção de um controle informatizado e adaptação da metodologia visando deixá-la mais ágil e assertiva".

O coordenador dos Programas de Qualidade do Projeto Encadeamento Produtivo pela Aurora Alimentos, Joel Pinto, complementa que os resultados foram atingidos. "Os treinamentos projetados para esse ano serão concretizados neste mês de dezembro. Todos os programas têm pontos positivos e pontos a serem melhorados. Entre os aspectos importantes que conseguimos visualizar neste ano está a compreensão do empresário rural de que ele realmente tem que fazer a gestão de sua empresa e tem que usar essas ferramentas de qualidade para obter os melhores resultados possíveis. Muitos deles já estão buscando a certificação de sua empresa rural em decorrência do programa, o que é uma grande conquista".  

Para o vice-presidente da Aurora Neivor Canton, os 20 anos de relacionamento entre Aurora e Sebrae, por meio dos programas de qualidade que hoje integram as ações do Encadeamento Produtivo, foram essenciais para manter produtivas e competitivas as famílias rurais que formam a base produtiva da Aurora Alimentos. Para ele, a expansão aos demais Estados foi uma medida fundamental para elevar ainda mais a competitividade da cadeia produtiva do agronegócio.

Segundo o coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, o desafio da nacionalização passou por alinhamento de metodologia para atender a realidade de cada Estado. "Acreditamos que o trabalho neste ano foi de pleno êxito, uma vez que todos os objetivos foram atingidos. Percebemos uma preocupação dos empresários em obter resultados com o uso de ferramentas de gestão, otimização das tecnologias e leitura do cenário, como por exemplo, o que está acontecendo na questão do leite com a implementação de melhorias, inclusive com desafios de internacionalização. As pessoas estão entendendo que existe uma cadeia e que todos precisam fazer sua parte bem-feita para competir e gerar oportunidades, movimento econômico, inclusão e qualidade de vida a todos".


AVALIAÇÃO DAS COOPERATIVAS PARCEIRAS

A coordenadora dos programas de qualidade na Copérdia, Nésia do Amaral, conta que a cooperativa está inserida no projeto desde o início. "Não consigo ver a cooperativa hoje sem os programas de qualidade. Durante esse ano desenvolvemos sete turmas do De Olho e três do Qualidade Total Rural. Os resultados são excepcionais. Temos um alinhamento muito bom com o departamento técnico que dá sequência aos trabalhos e, para o ano que vem, já temos sobrando solicitações para participação nos Programa".

O subgerente de agronegócios do Sicoob Central SC/RS, Rodinei Munaretto, realça a importância do projeto para aperfeiçoar a gestão das propriedades rurais e observa que a maioria dos associados à cooperativa de crédito é formada por pequenos produtores rurais. "Nosso grande objetivo é continuar a parceria com o Encadeamento Produtivo para agregar ainda mais e ofertar um crédito de melhor qualidade que atenda às necessidades dos produtores".


PARCEIROS

O projeto é desenvolvido em Santa Catarina com as parcerias do Senar/SC, Sescoop/SC, Sicoob, Fundação Aury Luiz Bodanese, Cooperalfa, Itaipu, Auriverde, Coolacer, Copérdia, Caslo, Cooper A1, Coopervil e Cooper Campos. No Rio Grande do Sul, conta com a parceria da Alfa, A1 e Copérdia e os parceiros do Sicredi/RS. No Paraná, podem participar as cooperativas Alfa, Copérdia, Camisc, Cocari e, no Mato Grosso do Sul, Coasgo e Alfa. No Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, o programa também ocorre por meio das parcerias dos Estados e sob a coordenação das unidades federativas do Sistema Sebrae.


Fonte: Sebrae/SC














© Copyright 2018, Via Informação - Todos os direitos reservados
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a citação da fonte.
Site desenvolvido por Grandes Idéias

Skype: paginarural

E-mail: paginarural@paginarural.com.br

h t t p : / / w w w . p a g i n a r u r a l . c o m . b r